Diferenças entre edições de "Marinha Mercante Brasileira"

12 bytes adicionados ,  10h43min de 8 de junho de 2013
Quanto a embarcações de apoio [[marítimo]], estão sendo firmados linhas de crédito junto ao [[BNDES]] para a [[construção]], em [[estaleiros]] nacionais, de novas embarcações. Quanto a TRANSPETRO, os planos são de construção(do zero), da nova [[frota]]. Até 2006, a [[empresa]] planeja um aumento das primeiras 26 embarcações, dos novo tempo; onde metade delas seriam inicialmente construídas no [[Brasil]] e a outra metade vindo do exterior (o que já começou a acontecer com a aquisição de dois novos [[navios]] que trabalharão junto a [[plataformas]] de [[exploração]] petrolífera na [[Bacia de Campos]]). Quanto às embarcações produzidas no [[Brasil]], a empresa já realizou licitação para a [[construção]] de quatro [[petroleiros]], onde dois serão de 65 mil toneladas de porte bruto e dois de 135 mil toneladas de porte bruto. Para os próximos anos, tudo indica que a [[Marinha]] Mercante Brasileira evolua novamente.
 
== Escola de Oficiais da Marinha Mercante ==
[[Imagem:Platinas de cadete.JPG|thumb|right|Platinas de Cadete da [[EFOMM]]]][[Imagem:bone.JPG|thumb|right|Crachá de a dos oficiais e alunos]]
[[Imagem:Insigneas2.JPG|thumb|Right|Oficiais de Máquinas - Insígneas de pulso ou platinas]]
Utilizador anónimo