A Moratória: diferenças entre revisões

1 byte removido ,  22h04min de 9 de junho de 2013
m
 
== Estilo e contexto histórico ==
Nas peças ao estilo de ''A Moratória'', o autor deixa parte da capacidade interpretativa para o grupo de atores, que dão vida aos diálogos e às situações. Por esta razão, é melhor ser assistida do que lida, já que a primeira opção tem maior riqueza interpretativa. Mas se o leitor observar atentamente àsas rubricas do autor, conseguirá entender melhor o enredo.
 
A técnica principal usada por Jorge Andrade é a expectativa, focalizada em situações dramáticas, em dois tempos e espaços simultâneos e antagônicos, que, no desenrolar do enredo, possuem ações decorrentes do conflito das personagens em torno de duas expectativas: em 1929, a perda da fazenda por causa das dívidas contraídas por Joaquim e, no período pós-1930, a recuperação da mesma [[fazenda]] a a decretação da [[moratória]] pelo Governo.