Extinção do Ordoviciano-Siluriano: diferenças entre revisões

+predef.
m (Bot: A migrar 1 interwikis, agora providenciados por Wikidata em d:Q1065985)
(+predef.)
{{Extinções em massa}}
[[Imagem:Extinction intensity.svg|thumb|200px|direita|Intensidade das extinções marinhas através do tempo. O gráfico azul mostra a percentagem aparente (não o número absoluto) de gêneros de animais marinhos que foram extintos durante cada um dos intervalos temporais. Não representa todas as espécies marinhas, apenas aquelas que são facilmente fossilizadas.]]
'''Extinção do Ordoviciano–Siluriano''', ou simplesmente '''extinção do Ordoviciano''', foi o segundo maior [[evento de extinção em massa]] na história da [[Terra]] em termos de porcentagem de [[gênero (biologia)|gêneros]] extintos. O evento de extinção ocorreu entre cerca de 450 [[Megaannum|Ma]] a 440 Ma (milhões de anos atrás), período que separa o [[Ordoviciano]] do [[Siluriano]], e compreendeu dois eventos de extinção, separados por um milhão de anos.<ref name="sole">Sole, R. V., and Newman, M., 2002. "Extinctions and Biodiversity in the Fossil Record - Volume Two, '''The earth system: biological and ecological dimensions of global environment change'''" pp. 297-391, ''Encyclopedia of Global Environmental Change'' John Wilely & Sons.</ref> Esta foi a segunda maior extinção da vida marinha, ficando apenas abaixo da [[extinção do Permiano]]. Na época, toda a vida conhecida estava confinada nos mares e oceanos.<ref name="ucr">{{cite web|url= http://math.ucr.edu/home/baez/extinction|title= extinction}}</ref> Mais de 60% dos [[invertebrados]] marinhos foram extintos,<ref>{{cite web|url=http://www.nasa.gov/vision/universe/starsgalaxies/gammaray_extinction.html |title=NASA - Explosions in Space May Have Initiated Ancient Extinction on Earth |publisher=Nasa.gov |date=2007-11-30 |accessdate=2010-06-02}}</ref><ref>{{citar periódico |autor=SHEEHAN, P.M. |ano=2001 |título=The Late Ordovician mass extinction |periódico=Annual Review of Earth and Planetary Sciences |volume=29 |número=1 |páginas=331-364 |doi=10.1146/annurev.earth.29.1.331}}</ref> incluindo dois terços de todas as famílias de [[braquiópodes]] e [[briozoários]].<ref name="ucr" /> A causa imediata de extinção parece ter sido o movimento de [[Gondwana]] para a região polar sul. Isso levou a um [[arrefecimento global]], [[glaciação]] e consequente queda do [[nível do mar]]. A queda do nível do mar interrompeu ou eliminou habitats ao longo das plataformas continentais.<ref name="sole" /><ref name=hanover>{{cite web|url= http://hannover.park.org/Canada/Museum/extinction/ordcause.html|title= Causes of the Ordovician Extinction}}</ref> A evidência para a glaciação foi encontrada em depósitos no [[deserto do Saara]]. A combinação da redução do nível do mar e da glaciação impulsionaram o esfriamento são provavelmente os agentes de condução para a extinção em massa do Ordoviciano.<ref name=hanover/>
 
64 334

edições