Diferenças entre edições de "Villa Medicea di Coltano"

4 bytes removidos ,  10h49min de 23 de junho de 2013
sem resumo de edição
m (Bot: A migrar 2 interwikis, agora providenciados por Wikidata em d:Q3558670)
Os [[Lorena de Lorena|Lorena]], que tomaram posse do património dos [[Médici]] em [[1737]], em vez de alienarem a herdade, como aconteceu com muitas outras villas dos Médici, ampliaram-na e embelezaram-na, usando-a como lugar de representação, como aconteceu por ocasião da visita de [[Fernando I das Duas Sicílias]] em [[1785]]. Durante um certo período foi efectuada a criação duma raça equina muito prestigiada, por vontade do Grão-duque [[Leopoldo II, Sacro Imperador Romano-Germânico|Pedro Leopoldo]]. Mas, seguramente, a vasta reserva de caça era um dos elementos mais apreciados, ao ponto de [[Leopoldo II de Toscana|Leopoldo II]] ter ampliado a extensão.
 
Depois de ter pertencido aos [[Casa de Sabóia|Sabóia]] (na villa residiu durante algum tempo [[VittorioVitor EmanueleEmanuel II]]) e em seguida ao Estado Italiano, foi doada, juntamente com outras herdades entre Pisa e Livorno (por exemplo a [[Villa di Seravezza]]), à ''Opera Nazionale Combattenti'' (Obra Nacional dos Combatentes): foi esta que se encarregou de complementar os melhoramentos, entre [[1920]] e [[1933]], o que permitiu o desfrute agrícola da área.
 
Em seguida, a villa foi vendida ao actual proprietário, o município de [[Pisa]], que a tem aberta ao público e realiza no parque numerosas actividades.