Abrir menu principal

Alterações

5 bytes removidos, 22h08min de 26 de junho de 2013
sem resumo de edição
<!-- ARTIGO -->
{{PEPB|O Cerco a Leninegrado|Cerco a Leningrado}} (em [[Língua russa|russo]]: блокада Ленинграда, ''Blokada Leningrada''), durante a [[Segunda Guerra Mundial]], durou cerca de 900 dias, de [[8 de Setembro]] de [[1941]], a [[27 de Janeiro]] de [[1944]].<ref name="gov.spb.ru">Site do governo de [[São Petersburgo]], ''Сопротивление города. "Дорога Жизни". Художественные сокровища города во время блокады. Пискаревское кладбище.'' [http://gov.spb.ru/history/spb_XX/spb_blockade <nowiki>[em linha]</nowiki>]</ref><ref name="saint-petersburg">Site ''www.saint-petersburg.com'' (de uma companhia privada de turismo), ''The 900-day Siege of Leningrad'' [http://www.saint-petersburg.com/history/siege.asp <nowiki>[em linha]</nowiki>]</ref>
[[Ficheiro:RIAN archive 324 In besieged Leningrad.jpg|300px|thumb|Uma rua de Leningrado, 1942.]]TambémA Ofensiva contou com o apoio daa ''[[250. Einheit spanischer Freiwilliger]]'', divisão composta por Espanhóis e PortuguesesLuso-hispânicos.
== Ofensiva alemã ==
A [[27 de Junho]] de 1941, o Conselho de disputas dos trabalhadores de Leningrado decidiu mobilizar milhões de pessoas para a construção de fortificações. Várias defesas foram construídas. Uma das fortificações percorria desde o [[rio Luga]] até [[Chudovo]], [[Gatchina]], [[Uritsk]], [[Pulkovo]] e depois através do [[rio Neva]]. A outra defesa passava através de [[Petergof]] até Gatchina, Pulkovo, [[Kolpino]] e [[Koltushy]]. Uma outra defesa contra os finlandeses foi construída no norte dos arredores de Leninegrado. Em todos os 190&nbsp;km de barricadas de madeira, 700&nbsp;km de trincheiras antitanque, 5 mil km de trincheiras de terra e madeira e de instalações de ferro e betão e 25 mil km de trincheiras abertas foram construídas por civis, sendo inclusive o canhão do cruzador ''[[Cruzador russo Aurora|Aurora]]'' montado na montanha de Pulkovo no sul de Leninegrado. Contudo, quando as forças soviéticas na frente noroeste no fim de Junho foram derrotadas nas Repúblicas Soviéticas do Báltico, a [[Wehrmacht]] tinha forçado a sua passagem por [[Ostrov]] e [[Pskov]]. A [[10 de Julho]] ambas as cidades foram capturadas e os alemães alcançaram [[Kunda]] e [[Kingisepp]], de onde avançaram para Leninegrado a partir de [[Narva]], da região Luzhski e a partir do sudoeste e também do norte e sul do [[Lago Ilmen]] de modo a isolar Leninegrado do leste e juntar os finlandeses na margem leste do [[Lago Ladoga]]. O bombardeamento de Leninegrado começou a [[4 de Setembro]]. O bombardeamento a [[8 de Setembro]] causou 178 incêndios. No início de Outubro os alemães recusaram-se a assaltar a cidade e a directiva de Hitler a [[7 de Outubro]], assinada por [[Alfred Jodl]], foi uma lembrança para não aceitar uma capitulação por parte dos soviéticos.<ref>Lubbeck, William; Hurt, David B. (2010), At Leningrad's Gates: The Story of a Soldier with Army Group North, Casemate, ISBN 1-935149-37-7</ref>
65

edições