Abrir menu principal

Alterações

Sem alteração do tamanho, 15h31min de 28 de junho de 2013
sem resumo de edição
A grande maioria das críticas apresentadas se fundamentam a partir da insuficiência de critérios claros para justificar a divisão entre direito público e direito privado.
 
Destacam-se as seguintes críticas aos critérios apresentadosapresentadus:
 
* Crítica do critério quanto ao conteúdo da relação jurídica: distinguir a relação a partir do interesse predominante é insatisfatório já que existem inúmeros interesses particulares albergados pela Constituição Federal e integrantes no domínio do direito público (p. ex., proteção dos direitos fundamentais).
Utilizador anónimo