Abrir menu principal

Alterações

Sem alteração do tamanho, 08h11min de 29 de junho de 2013
m
Pensa-se que a primeira ascensão ao alto do monte Fuji foi em [[663]], sendo o autor da proeza um [[monge]] anónimo, a ascensão do primeiro [[estrangeiro]] ao alto do Fuji-san ocorreu em [[1860]], por ''[[Sir]]'' [[Rutherford Alcock]]. O alto tem sido considerado sagrado desde [[tempo]]s antigos, tendo o seu acesso sido proibido a mulheres até à [[Era Meiji]], mas hoje em dia é um destino turístico popular, sobretudo para escalada (ver tópico [[Monte Fuji#Escalada do monte Fuji|abaixo]]).
 
O monte Fuji é um [[cone vulcânico]] frequentemente [[neve|nevado]] sendo uma figura importante da [[Arte do Japão|arte japonesa]]. O trabalho de maior nomeada retratando esta montanha são as conhecidas “[[Anexo:Trinta e seis vistas do monte Fuji|36 vistas do monte Fuji]]”, a [[obra-prima]] do pintor de [[Ukiyo-e]], [[Hokusai]], mas existem inúmeras menções ao monte Fuji na [[literatura do Japão|literatura japonesa]] desde sempre, sendo abordado em muitos [[poema]]s.
 
O Fuji-san alberga ainda uma [[tradição]] [[guerra|guerreira]], visto os samurais utilizarem o sopé da montanha, um sítio próximo de onde atualmente se situa a cidade de Gotemba, como local de treino, devido ao seu isolamento. O ''[[shogun]]'' [[Minamoto no Yoritomo]] tinha ''[[yabusame]]'' nesta área no início do [[Período Kamakura]]. A partir de [[2005]], as forças de defesa do [[Japão]] e os ''[[marines]]'' dos [[Estados Unidos]] passaram a ter atividade [[militar]] em bases perto do monte Fuji.
26 916

edições