Abrir menu principal

Alterações

65 bytes adicionados ,  17h05min de 3 de agosto de 2013
sem resumo de edição
<ref>inserir fonte aqui</ref>{{Info/Futebolista
|nome = Vasco Faísca
|imagem =
|ntupdate =
}}
'''Vasco Manuel Vilhena Faísca Teixeira''' ([[Lisboa]], 27 de agosto de [[1980]]) é um [[futebolista]] português, que milita atualmente no AscoliPlatanias Chania, clube da 1ª. Liga (Ethniki Katigoria) da Grécia.
 
==Carreira clubística==
Apesar de nascido em [[Lisboa]] iniciou a sua carreira futebolística no [[Sporting Clube Farense]], clube da cidade onde cresceu. Mudou-se aos 16 anos para as camadas jovens do [[Sporting Clube de Portugal]] onde alinhou pelos juvenis e pelos juniores. No seu segundo ano de júnior integrou a equipa principal do clube satélite do Sporting, o [[Sporting Clube Lourinhanense|Lourinhanense]].
No verão de 2000, juntamente com [[Marco Caneira]] e Paulo Costa (http://en.wikipedia.org/wiki/Paulo_Costa_%28footballer%29), assinou contrato com o [[Inter de Milão]] tendo sido cedido a título de empréstimo ao [[Vicenza Calcio]] onde foi companheiro, entre outros de Marco Aurélio (antigo jogador do [[Sporting CP]] e de, [[Luca Toni]],Christian Maggio e ChristianLamberto MaggioZauli.
<ref>{{cite news|url=http://www.inter.it/aas/news/reader?L=it&N=90|title=Tre giovani Portoghesi in prestito|trans_title=Three Portuguese youngsters on loan|publisher=Inter Milan|language=Italiano|date=21 June 2000|accessdate=4 December 2009}}</ref>
 
Faísca jogou no [[Vicenza Calcio|Vicenza]] durante 4 anos, o primeiro dos quais, pouco utilizado, na [[Serie A]] e os restantes, assumindo a titularidade no centro da defesa, na [[Serie B]]. Estreou-sew na Série A, lançado por Eddy Reja, num Vicenza 2 - Milan 0. Regressa a [[Portugal]] para realizar duas épocas na [[Académica]] e no [[Belenenses]] como titular. No segundo ano no clube de Belém deixou de ser opção frequente dopelo treinadorque [[Jorgeoptou Jesus]] epor regressouregressar a [[Itália]] para integrar um ambicioso projecto do [[Calcio Padova]], a militar na Série C1, comandado pelo Presidente Marcelo Cestaro e pelo treinador Andrea Mandorlini (http://en.wikipedia.org/wiki/Andrea_Mandorlini), a militar na Serie C1 italiana. No seu segundo ano completo no clube, já como capitão, a equipa festejou a subida à Serie B. Assim, em 2009-10, como titular e capitão de equipa, voltou a disputar a segunda liga italiana (Série B) envergando a camisola da equipa da cidade de Santo António que conseguiu assegurar a permanência.
 
Em 2010-2011 passou para o [Ascoli Calcio 1898|Ascoli Calcio]] onde assumiu o posto de central tendo realizado, até à data, exibições merecedoras das melhores críticas tanto dos adeptos como da imprensa e contribuindo, de forma importante, para que, após um início periclitante o Ascoli (penalizado, fortemente, com pontos negativos) conseguisse evitar a descida, mercê muito da obra do treinador Fabrizio Castori que liderou a equipa a partir da 8ª. Jornada.
 
Em 2011-12, o defesa português voltou a ser uma importante peça para que o Ascoli, apesar da penalização de - 7 pontos, voltasse a fugir à descida. Faisca foi o 4º jogador mais utilizado, em todo o Campeonato (fase regular, não contando os pley-off e out) sendo entre os jogadores de campo, o 2º, a seguir a Rizzatto, da Reggina.
 
Em Julho de 2012, o Ascoli Calcio e Vasco Faisca renovaram a sua ligação por mais duas épocas o que leva a que o jogador continue a integrar a equipa da belíssima "Cidade das Cem Torres", pelo menos, até 2014.
Apesar disso, em Julho de 2013, Vasco Faisca e o Ascoli Calcio romperam, por mútuo acordo, essa ligação. No final de uma época muito conturbada o "Pichio" (nome por que é conhecido o Ascoli),depois de ter estado a disputar o acesso à zona de subida até Janeiro, acabou por descer à Primeira Divisão (antiga Série C1).
 
Apesar disso, em Julho de 2013, Vasco Faisca e o Ascoli Calcio romperam, nestapor mútuo acordo, essa ligação. No final de uma época muito conturbada o "Pichio" (nome por que é conhecido o Ascoli),depois de ter estado a disputar o acesso à zona de subida até Janeiro, acabou por descer à Primeira Divisão (antiga Série C1). Faisca voltou a ser o mais utilizado dos jogadores, com 38 presenças, tendo completado assim 111 jogos na Série B nas três épocas em que serviu o Ascoli Calcio.
 
A nova situação levou a grandes alterações no clube de Ascoli Piceno e Faiscao jogador português, apesar da forte ligação ao clube e à cidade, foi um dos muitos jogadores que não continuaram, o que motivou grandes modificações na sua carreira.
 
Em 2013-14, Vasco Faisca rumou à Grécia onde ingressou no Platania Chania, clube da 1ª. Liga da Grécia. O Platania é um clube de Platanias, Chania, cidade da histórica, bela e turística Ilha de Creta.
 
Fontes de informação: www.fcplatanias.gr/?p=3956
 
1

edição