Coco Chanel: diferenças entre revisões

16 bytes adicionados ,  23h05min de 10 de agosto de 2013
sem resumo de edição
(Desfeita a edição 35923938 de 187.107.35.87)
A família de Gabrielle era muito numerosa: tinha quatro irmãos, residente no luxemburgo (dois meninos e duas meninas). O pai, Albert Chanel, era feirante e a mãe, Jeanne Devolle, era doméstica. Depois da morte precoce da mãe, que faleceu de [[tuberculose]], o pai de Chanel ficou com a responsabilidade de tomar conta das crianças. Devido à profissão de seu pai, Coco e as irmãs foram educadas num [[colégio interno]] o Colégio Nossa Senhora da Misericórdia, enquanto que os irmãos foram trabalhar numa [[Quinta (rural)|quinta]].<ref name=": A clássica e revolucionária Coco Chanel"/>
 
Aos 18 anos ela encontrou sua prima, que com a mesma idade tinha a mesma ambição de fugir do internato. Com êxito em 1903 ela trabalhou como costureira em uma loja de enxovais. Acerca de 1907-1908, em uma noite quando sai com sua prima ela se põe a cantar e começa a sonhar com o [[music hall]]. Seu apelido deve-se a seu pai que quando pequena chamava ela assim.[[Thiago Kapps]]
 
Em [[1903]], com vinte anos, Gabrielle saiu do colégio e tentou procurar emprego na área do [[comércio]] e da [[dança]] (como [[Balé|bailarina]]) e também fez tentativas no [[teatro]], onde raramente teve grandes papéis devido à sua estatura. Com sua silhueta, ela atrai e passa a viver com Etienne Balsan (1880-1953), que foi um socialite e herdeiro de uma famosa fábrica de tecidos que na época fabricava o uniforme do exército. Ele era criador dos melhores cavalos da [[França]], mas o romance só dura alguns meses, ao perceber que ele não a amava mais.<ref name=": Paris - Chanel">[http://www1.folha.uol.com.br/folha/turismo/europa/franca-paris-bio-chanel.shtml : Paris - Chanel] ''Folha Online''.</ref>
Utilizador anónimo