Diferenças entre edições de "Prostituição"

21 bytes adicionados ,  09h27min de 3 de setembro de 2013
sem resumo de edição
m (Protegeu "Prostituição": Vandalismo excessivo ([Editar=Apenas usuários confirmados] (expira a 20h57min de 29 de agosto de 2013 (UTC)) [Mover=Apenas usuários confirmados] (expira a 20h57min de 29 de agosto de 2013 (UTC))))
Apesar de fortemente disseminada no senso comum, a ideia de que a prostituição seja a profissão mais antiga do mundo não encontra qualquer fundamento histórico ou antropológico, visto que os mais antigos registros de atividades humanas revelam as mais variadas especializações como agricultura e caça, mas raramente revelam indícios de prostituição, que normalmente exige um contexto social posterior.
 
Posteriormente, ainda na [[Antiguidade]], em muitas civilizações já desenvolvidas, a prostituição era praticada por meninas como uma espécie de ritual de [[iniciação]] quando atingiam a [[puberdade]]. {{carece de fontes}}
 
No [[História do Egipto|Egito antigo]], na região da [[Mesopotâmia]] e na [[Grécia antiga|Grécia]], via-se que a prática tinha uma [[ritual]]ização. As prostitutas, consideradas grandes sacerdotisas (portanto sagradas), recebiam honras de verdadeiras divindades e presentes em troca de favores sexuais.
41

edições