Diferenças entre edições de "Sozópetra"

100 bytes adicionados ,  21h19min de 23 de setembro de 2013
Revisão realizada. O artigo está muito bom, parabéns!
(Revisão realizada. O artigo está muito bom, parabéns!)
'''Sozópetra''' ({{langx|el|Σωζόπετρα / ||Sōzópetra,}}; também {{langx|el|Ζιζόατρα / ||Zizóatra,}} Ζάπετρα /e {{langx|el|Ζάπετρα||Zápetra,}}; em árabe Zibaṭra ou Zubaṭra) é uma antiga [[cidade]] de [[Capadócia]], [[Região da Anatólia Central|Anatólia Central]], que faz fronteira com a [[Síria]], 56 km a sudoeste de [[Melitene]]. Segundo fontes bizantinas, Sozópetra foi a cidade natal de [[Al-Mu'tasim]].<ref>{{harvref|Vasiliev, AA, Byzance et les Arabes, 1, La dynastie d'Amorium (820-867) (Corpus Bruxellense Historiae Byzantinae 1, Bruxelles |1968), |p .=140, -141</ref>}} Porém, historiadores sugerem que este testemunho teve origem de uma lenda posterior,<ref>{{harvref|Treadgold, WT, The Byzantine Revival 780-842 (Stanford |1988), |p .=440, n . 401</ref>}} criada em paralelo à captura de Sozópetra em 837 com a do local de nascimento do [[imperador Teófilo]] ([[Amório]]), em 838.<ref>Hild, F. - Restle, M., Kappadokien (Kappadokia, Charsianon, Sebasteia und Lykandos) (Tabula Imperii Byzantini 2, Wien, 1981), p . 287</ref> É plausível que este ''mito'' tenha sido criado pelos historiadores bizantinos, com o intuito de enfraquecer a importância da derrota dos império em [[Amório]], bem como a causa da anterior captura do berço do califa, comandada por Teófilo.<ref>{{harvref|Hild, F. - Restle, M., Kappadokien (Kappadokia, Charsianon, Sebasteia und Lykandos) (Tabula Imperii Byzantini 2, Wien, |1981), |p . =287</ref>}} Em contraste, alguns documentos históricos credibilizam a informação das fontes bizantinas como a mais provável.<ref>Άμαντος , Κ ., Ιστορία του βυζαντινού κράτους 3 , 1 ( Αθήνα {{harvref|Amantos|1963), |p . =204</ref>}}
 
Em 838, durante a campanha militar do [[califa abássida]] [[Al-Mu'tasim]] (r. 833-842), uma das muitas operações militares árabes organizadas contra o [[Império Bizantino]] desde o século VII até ao século XI, com o principal objetivo de enfraquecer o Império e ganhar controle sobre a Ásia Menor e do Ocidente que resultou numa tremenda destruição da cidade; o papel decisivo sobre a realização desta batalha, bem como a intensa atmosfera em que se baseou a operação sob o nome dos árabes, foi fracassado pela vitória do [[imperador Teófilo]] em 1837, durante a qual Sozópetra foi destruída e numerosas atrocidades foram cometidas contra a população da cidade. Após este acontecimento, e em combinação com a política bizantina que apoiava os rebeldes persas governados por [[Bābak]],<ref>{{citar livroharvref|autor=Rosser, J.|título=Theophilus’ Khurramite Policy and its Finale: The Revolt of Theophobus’ Persian Troops in 838, Βυζαντινά 6|data=1974|páginap= 265}}</ref><ref name="Asiaminor"/> Al-Mu'tasim projetou uma rápida e dinâmica reacção militar. Porém, os problemas que enfrentou dentro do [[califado]], devido à rebelião persa,{{notaNT|A revolta de Babak teve como objetivo promover reformas sociais dentro do califado. Esta ocorreu de 816 até setembro de 837, quando foi suprimida pelo califa al-Mu'tasim.}} adiou o cumprimento do seu objetivo. As tropas árabes suprimiram o movimento de Bābak e capturaram o seu líder em setembro de 837 (Bābak foi executado em janeiro de 838). Com isto, o governante árabe conseguiu finalmente direcionar todas as suas forças contra o Império Bizantino (''ver:'' [[Batalha de Anzen]]).<ref name="Asiaminor">{{citar web|título=Campanha dos árabes na Ásia Menor, 838|url=http://asiaminor.ehw.gr/Forms/fLemmaBody.aspx?lemmaid=7898|publicado=asiaminor.ehw.gr|acessodata=13 de setembro de 2013|língua=Inglês}}</ref><ref>{{harvnbharvref|Haldon|2001|p=80}}.</ref><ref name="EHW1">{{harvnb|Kiapidou|2003}}, [http://asiaminor.ehw.gr/forms/fLemmaBodyExtended.aspx?lemmaid=7921&boithimata_State=&kefalaia_State=#chapter_3 Chapter 1].</ref><ref>{{harvnbharvref|Treadgold|1997|ppp=440–441}}.</ref>
==História==
Em 838, durante a campanha militar do [[califa abássida]] [[Al-Mu'tasim]] (833-842), uma das muitas operações militares árabes organizadas contra o [[Império Bizantino]] desde o século VII até ao século XI, com o principal objetivo de enfraquecer o Império e ganhar controle sobre a Ásia Menor e do Ocidente que resultou numa tremenda destruição da cidade; o papel decisivo sobre a realização desta batalha, bem como a intensa atmosfera em que se baseou a operação sob o nome dos árabes, foi fracassado pela vitória do [[imperador Teófilo]] em 1837, durante a qual Sozópetra foi destruída e numerosas atrocidades foram cometidas contra a população da cidade. Após este acontecimento, e em combinação com a política bizantina que apoiava os rebeldes persas governados por [[Bābak]],<ref>{{citar livro|autor=Rosser, J.|título=Theophilus’ Khurramite Policy and its Finale: The Revolt of Theophobus’ Persian Troops in 838, Βυζαντινά 6|data=1974|página= 265}}</ref><ref name="Asiaminor"/> Al-Mu'tasim projetou uma rápida e dinâmica reacção militar. Porém, os problemas que enfrentou dentro do [[califado]], devido à rebelião persa,{{notaNT|A revolta de Babak teve como objetivo promover reformas sociais dentro do califado. Esta ocorreu de 816 até setembro de 837, quando foi suprimida pelo califa al-Mu'tasim.}} adiou o cumprimento do seu objetivo. As tropas árabes suprimiram o movimento de Bābak e capturaram o seu líder em setembro de 837 (Bābak foi executado em janeiro de 838). Com isto, o governante árabe conseguiu finalmente direcionar todas as suas forças contra o Império Bizantino (''ver:'' [[Batalha de Anzen]]).<ref name="Asiaminor">{{citar web|título=Campanha dos árabes na Ásia Menor, 838|url=http://asiaminor.ehw.gr/Forms/fLemmaBody.aspx?lemmaid=7898|publicado=asiaminor.ehw.gr|acessodata=13 de setembro de 2013|língua=Inglês}}</ref><ref>{{harvnb|Haldon|2001|p=80}}.</ref><ref name="EHW1">{{harvnb|Kiapidou|2003}}, [http://asiaminor.ehw.gr/forms/fLemmaBodyExtended.aspx?lemmaid=7921&boithimata_State=&kefalaia_State=#chapter_3 Chapter 1].</ref><ref>{{harvnb|Treadgold|1997|pp=440–441}}.</ref>
 
{{Notas|grupo=nt|col=2}}
 
{{referências}}|col=2|refs=
 
<ref name=Asiaminor>{{Citar web|título=Campanha dos árabes na Ásia Menor, 838|url=http://asiaminor.ehw.gr/Forms/fLemmaBody.aspx?lemmaid=7898|publicado=asiaminor.ehw.gr|acessodata=23 de setembro de 2013|língua=Inglês}}</ref>
 
*<ref name=EHW1>{{citeCitar web|last=Kiapidou|firstautor= Irini-Sofia Kiapidou|titletítulo=Battle of Dazimon, 838|worktrabalho=Encyclopedia of the Hellenic World, Asia Minor|locationlocal=Athens, GreeceAtenas|publishereditora=Foundation of the Hellenic World|dateacessodata=1723 Januaryde 2003setembro de 2013|url=http://www.ehw.gr/l.aspx?id=7921 |ref=harv}}</ref>
 
}}<!-- Fim referências -->
 
==Bibliografia==
 
*{{cite book|last=Haldon|first=John|title=The Byzantine Wars: Battles and Campaigns of the Byzantine Era|location=Stroud, Gloucestershire|publisher=Tempus|year=2001|isbn=0-7524-1795-9|url=http://books.google.com/books?id=OycjAQAAIAAJ|ref=harv}}
{{refbegin|2}}
*{{cite web|last=Kiapidou|first=Irini-Sofia|title=Battle of Dazimon, 838|work=Encyclopedia of the Hellenic World, Asia Minor|location=Athens, Greece|publisher=Foundation of the Hellenic World|date=17 January 2003|url=http://www.ehw.gr/l.aspx?id=7921 |ref=harv}}
 
*{{cite book|last=Treadgold|first=Warren|title=A History of the Byzantine State and Society|url=http://books.google.com/?id=nYbnr5XVbzUC|location=Stanford, California|publisher=Stanford University Press|year=1997|isbn=0-8047-2630-2|ref=harv}}
* {{Citar livro|sobrenome=Amantos|nome=K.|título=História do Estado Bizantino|volume=3|local=Atenas|ano=1963|ref=harv}}
 
* {{citeCitar booklivro|lastsobrenome=Haldon|firstnome=John|titletítulo=The Byzantine Wars: Battles and Campaigns of the Byzantine Era|locationlocal=Stroud, Gloucestershire|publishereditora=Tempus|yearano=2001|isbn=0-7524-1795-9|url=http://books.google.com/books?id=OycjAQAAIAAJ|ref=harv}}
 
* {{Citar livro|sobrenome=Hild|nome=F.|coautor=Restle, M.|título=Tabula Imperii Byzantini|capítulo=Kappadokien (Kappadokia, Charsianon, Sebasteia und Lykandos|local=Viena|ano=1981|ref=harv}}
 
* {{Citar periódico|ultimo=Rosser|primeiro=J.|título=Theophilus’ Khurramite Policy and its Finale: The Revolt of Theophobus’ Persian Troops in 838|jornal=Βυζαντινά|volume=6|ano=1974|ref=harv}}
 
* {{Citar livro|sobrenome=Treadgold|nome=W. T.|título=The Byzantine Revival 780-842|local=Stanford|ano=1988|ref=harv}}
 
*{{citeCitar booklivro|lastsobrenome=Treadgold|firstnome=Warren|titletítulo=A History of the Byzantine State and Society|url=http://books.google.com/?id=nYbnr5XVbzUC|locationlocal=Stanford, CaliforniaCalifórnia|publishereditora=Stanford University Press|yearano=1997|isbn=0-8047-2630-2|ref=harv}}
 
* {{Citar livro|sobrenome=Vasiliev|nome=A. A.|título=Corpus Bruxellense Historiae Byzantinae|capítulo=Byzance et les Arabes, 1, La dynastie d'Amorium (820-867)|editora=Fondation Byzantine|local=Bruxelas|ano=1968|ref=harv}}
 
{{refend}}
 
[[Categoria:Anatólia bizantina]]
[[Categoria:Cidades do Império Bizantino]]