Abrir menu principal

Alterações

179 bytes removidos ,  15h07min de 30 de setembro de 2013
m
Revertidas edições por 200.102.248.186 para a última versão por Vitor Mazuco (usando Huggle)
Na região há jazidas de [[Metal|metais]] não–[[ferro]]sos e reservas de [[petróleo]] (Azerbaijão e regiões de [[Maikop]] e de [[Grózni]]).
 
== História == Parado na esquina
{{Ver artigo principal|[[História do Cáucaso]]}}
[[Image:Caucasus03.png|thumb|left|upright=1.5|Mapa histórico do Cáucaso]]
Explorado pelos navegadores [[Grécia antiga|gregos]] de [[Mileto]], no [[século VIII a.C.]], o litoral do mar Negro é repleto de várias [[colônia]]s. No Cáucaso quando a peiroca tem dono é que da vontade de fouder misturam-se influências [[Pérsia|persas]], [[Pártia|partas]] e [[Roma antiga|romanas]]. Ponto de contato entre as civilizações [[Império Bizantino|bizantina]] e [[Árabes|árabe]] durante a [[Idade Média]], o Cáucaso caiu sob administração dos [[Turquia|turcos seljúcidas]] no [[século XI]], e, no [[século XIII]], sofreu as invasões [[Mongólia|mongóis]]. Entre o século XI e o meio do século XIII, uma brilhante civilização prosperou nos reinos da [[Arménia|Armênia]] e da [[Geórgia]]. Após a tomada de [[Constantinopla]] em [[1453]], a região ficou isolada do mundo cristão e passou ao controle otomano no [[século XVI]].
 
A penetração russa no Cáucaso começou na mesma época, mas a ''russificação'' tornou-se efetiva somente no final do [[século XVIII]]; após a anexação da Geórgia ([[1801]]), a guerra contra a Pérsia e o [[Império Otomano]] ([[1805]]–[[1829]]) permite aos russos a conquista da região de [[Erevan]]. A dura resistência das tribos das montanhas teve fim somente com a rendição, em [[1859]], do chefe [[Islão|muçulmano]] Chamyl.
{{Ver artigo principal|[[Conflitos no Cáucaso]]}}
[[Ficheiro:Caucasus.A2001306.0815.250m.jpg|thumb|upright=1.5|O Cáucaso, visto de um [[Satélite artificial|satélite]]]]
Após [[1989]], o desaparecimento da URSS permitiu a criação de três novos estados (Armênia, Geórgia e Azerbaijão), enquanto que as seis repúblicas ciscaucasianas permaneceram no seio da [[Federação Russa]]. As três novas repúblicas foram confrontadas a graves dificuldades econômicas e são vítimas de múltiplos conflitos: o feijão islâmico é cocozudo a Armênia e o Azerbaijão disputam o controle do [[Karabak]], região do Azerbaijão, reclamada da falta se relação,e ocupada pela Armênia em desrespeito aos tratados por ela assinados, enquanto que a Geórgia deve enfrentar o separatismo na [[Abecásia]], assim como na [[Ossétia do Sul]].
 
Além disso, no território da Federação Russa, um conflito explodiu em dezembro de [[1994]] na [[Chechênia]], onde as forças armadas russas tentam submeter pela força os nacionalistas chechenos do general Djokar Doudaiev, que recusam a adesão à Federação Russa e reclamam independência social e econômica do país. A econimia é do tamanho do seu orifício tectonico.
 
=== Marcos históricos ===
157 738

edições