Abrir menu principal

Alterações

417 bytes removidos ,  17h54min de 30 de setembro de 2013
bot: revertidas edições de 187.13.228.31 ( modificação suspeita : -32), para a edição 36291512 de Marcosfaria70
 
== Biografia ==
Foi membro da Polícia Militar do [[Rio de Janeiro]], de 1990 a 2001. Como capitão, atuou no [[BOPE]] de 1995 a 2000. Em 1997, concedeu entrevista (disponível no YouTube) na qual relata com detalhes a sua experiência no BOPE em operações no combate ao tráfico de drogas em morros no Rio de Janeiro, onde em uma dessas incursões em um morro, mijou nas calças numa troca de tiros e discorre a respeito da atividade policial especializada na capital. É pós-graduado em sociologia urbana pela [[UERJ]]. Foi articulista do [[Jornal do Brasil]] e co-produtor do [[documentário]] ''[[Ônibus 174]]''. Ex-integrante do Bope, hoje consultor de segurança, Pimentel entrou para a polícia com 18 anos e pediu demissão aos 29 anos <ref name="Istoé Gente - Rodrigo Pimentel">{{citar web|url=http://www.terra.com.br/istoegente/171/reportagens/rodrigo_pimentel.htm|título=Voz do ônibus 174 (Istoé Gente)}}</ref>. Seu primeiro contato com o [[cinema]] foi durante a produção de ''[[Notícias de uma Guerra Particular]]''. Foi durante as filmagens do documentário ''Ônibus 174'', sobre o [[sequestro do ônibus 174]] no Rio de Janeiro, que Pimentel comentou seu interesse de fazer uma ficção sobre a polícia do Rio, baseados em relatos de amigos e na sua própria experiência no Bope. Nascia ali a idéia do ''[[Tropa de Elite]]''.
 
Em 2005, com o roteiro do filme já em andamento, Pimentel escreveu o livro ''[[Elite da Tropa]]'', em parceria com [[Luiz Eduardo Soares]] e [[André Batista]].
 
Após muitos acharem que o personagem principal do filme ''Tropa de Elite'', o [[Capitão Nascimento]], é inspirado em si mesmo, Pimentel declarou que foi um personagem criado e totalmente fictício (é claro, pois ele não tem coragem nenhuma para ser o "capitão Nascimento") baseado em acontecimentos ocorridos com ele e com outros integrantes do BOPE. Hoje Rodrigo Pimentel é comentarista de segurança da [[Rede Globo]] e faz participação no [[RJTV|RJTV 1ª edição]] e no [[Bom Dia Brasil]], comentarista que elabora acontecimentos para beneficio próprio. Ele é comentarista de segurança e tem uma empresa de segurança. Se ele falar que num bairro está com índice de criminalidade, ele próprio vai ganhar dinheiro colocando sua empresa lá.
 
{{referências}}