Abrir menu principal

Alterações

255 bytes adicionados ,  23h19min de 5 de outubro de 2013
sem resumo de edição
[[Ficheiro:Yuan Shikai in uniform.jpg|thumbnail|right|200px|Yuan Shikai]]
 
'''Yuan Shikai''' ([[chinês tradicional]]: 袁世凯, [[chinês simplificado]]: 袁世凯, [[pinyin]]: Yuan Shìkǎi, [[Wade-Giles]]: Yuan Shih-k'ai) ([[16 de setembro]] de [[1859]] - [[6 de Junhojunho]] de [[1916]]) foi um importante [[general]] e político [[chinês]] durante o final da [[Dinastia Qing]] e osnos primeiros diasprimórdios da [[República da China (1912–1949)|República da China]] pelo seu papel nos acontecimentos que antecederam na abdicação do [[Pu Yi|último imperador da China]], o seu [[autocracia|regime autocrático]], como primeiro Presidente da República da China, e sua curta [[Império da China (1915–1916)|tentativa de reviverrestaurar]] a [[Império Chinês|monarquia chinesa]], quando proclamou-se proclamou o "Grande [[Imperador da China]]".<ref>{{citar web|URL=http://global.britannica.com/EBchecked/topic/654504/Yuan-Shikai|título=Yuan Shikai|autor=|data=|publicado=[[Encyclopædia Britannica]]|acessodata=}}</ref>
 
Nascido na cidade de [[Zhangying]] na [[província]] de [[Henan]]. Destacou-se na [[Primeira Guerra Sino-Japonesa]] em que serviu como comandante das forças chinesas estacionadas na [[Coreia]]. Em [[1902]], foi nomeado pela imperatriz [[Cixi]] Ministro de [[Beiyang]], área que compreende as províncias de [[Hebei]], [[Liaoning]] e [[Shandong]].
 
Tornou-se Presidente da República da China em [[1912]], depois de negociar com [[Sun Yat-sen]], e impôs um governo autoritário equipado com amplos poderes de 1912 até 1915, levando a proclamar-se [[Imperador da China|Imperador]] em 12 de Dezembrodezembro de [[1915]], com o nome do reinado de [[Hongxia]] ("Abundânciaabundância constitucional").
 
O novo imperador era pai de três filhos, dos quais apenas o filho mais velho, o príncipe [[Yuan Keding]], possuía a consideração de seu pai, mas por causa de um acidente se tornou inválido. O Imperador não gostava muito dos outros dois, os príncipes [[Yuan Kewen]] e [[Yuan Keliang]], os quais considerava como "um falso erudito" e "um bandido", respectivamente.
[[Image:YuanFlag1.svg|left|thumb|190px|A Bandeira de Yuan Shikai do "[[Império da China (1915-1916)|Grande Império Chinês"]].]]
 
Enfrentando uma forte oposição, que não aceitava a restauração da monarquia, foi forçado a deixar o trono em 22 de Marçomarço de [[1916]], mas manteve o cargo de Presidente. Morreu de doença renal alguns meses depois.
 
Durante oNo mesmo ano em que desapareceufaleceu, causou um [[vácuo de poder]] e deixou a China no caos político e fazendo com que iníciasseiniciasse o [[senhores da guerra da China|período de poder dos senhores da guerra]].
 
{{esboço-biografia}}
 
{{referências}}
== Bibliografia ==
* Barnouin, Barbara and Yu Changgen. Zhou Enlai: A Political Life. Hong Kong: Chinese University of Hong Kong, 2006. Retrieved at [http://books.google.com/books?id=NztlWQeXf2IC&printsec=frontcover&dq=zhou+enlai&hl=en&ei=wBkuTdKyB4H_8AaJucigAQ&sa=X&oi=book_result&ct=result&resnum=2&ved=0CCsQ6AEwAQ#v=onepage&q&f=false Google books] on 12 March 2011.
 
{{Presidentes da República da China}}
 
{{esboço-biografia}}
 
[[Categoria:Militares da China]]