Abrir menu principal

Alterações

454 bytes adicionados, 06h20min de 10 de outubro de 2013
sem resumo de edição
A '''secretina''' é umaum [[hormonahormônio]] [[polipeptídeo]] com 27 [[aminoácido]]s produzida pelas '''células S''' do [[duodeno]] em resposta a um [[pH]] baixo.entre Estimula2 ae produção4,5 de(muito [[bicarbonatoácido]]).<ref>Häcki noWH. [[fígado]],"Secretin". [[pâncreas]]Clin eGastroenterol glândulas9 de(3): Brunner609–32. AjudaPMID a7000396.</ref> neutralizarAo ochegar ácidoao gástricoduodeno, queo entrabolo noalimentar duodenoestá acoberto partir dode [[estômagosuco gástrico]]. Em([[ácido resumo,clorídrico]] estimulae o[[enzima]]s) pâncreasvindo liberando o suco pancreático que é rico em bicarbonato, estimula odo estômago a(conhecido produzircomo pepsina,[[quimo]]) umae enzimacom encarregadaum dePH digerir proteínas. Também estimula o fígadopróximo a produzir Bile2.
 
== Funções ==
A função da secretina é a de promover a secreção pancreática e biliar de HCO3- que, então, neutraliza o H+ no lúmen do [[intestino delgado]]. Tal neutralização é essencial para a digestão das gorduras. A secretina inibe, também, os efeitos da gastrina sobre as células parietais (secreção de H+ e crescimento).
É liberado na corrente sanguínea para estimular a secreção de água e [[bicarbonato]] no [[pâncreas]] e pelas [[glândulas de Brünner]]. O bicarbonato (HCO3-) ajuda a neutralizar o ácido gástrico, processo essencial para a digestão das [[gordura]]s. A secretina inibe, também, a secreção de [[gastrina]] pelas células parietais do estômago.<ref>http://www.britannica.com/EBchecked/topic/531937/secretin</ref>
 
Recentemente também foi descoberto que atua no [[hipotálamo]] estimulando a secreção de [[antidiurético]] e consequentemente a retenção de água pelos [[rins]].<ref>Chu JY, Lee LT, Lai CH, Vaudry H, Chan YS, Yung WH, Chow BK (September 2009). "Secretin as a neurohypophysial factor regulating body water homeostasis". Proc. Natl. Acad. Sci. U.S.A. 106 (37): 15961–15966. doi:10.1073/pnas.0903695106. PMC 2747226. PMID 19805236.</ref>
 
== História ==
Foi o primeiro hormônio a ser descoberto, em 1902, por William Bayliss and Ernest Starling, servindo assim de base a ideia de que substâncias liberadas por células no sangue podiam atuar em outras células do organismo.
 
{{referências}}
 
{{esboço-fisiologia}}
{{Hormônios}}
 
[[Categoria:Hormônios dos intestinos]]
COLECISTOQUININA: atravez da gordura que entra no duodeno. A colecistoquinina (CCK) age gerando contrações da Vesícula Biliar e relaxando o esfincter de Oddi em conjunto a ação da secretina (outro hormona secretado pelo intestino) que estimula a produção de Bile (Quimo).