Diferenças entre edições de "Talmude"

157 bytes removidos ,  09h29min de 11 de outubro de 2013
essas afirmações são bem genéticas, não necessitam de uma comprovação por fontes externas
(essas afirmações são bem genéticas, não necessitam de uma comprovação por fontes externas)
{{mais fontes|Este artigo|data=abril de 2011}}
[[Ficheiro:Talmud Babli bokhylle.jpg|150px|right|thumb|'''Talmude''' numa edição moderna impressa.]]
O '''Talmude''' (em [[Língua hebraica|hebraico]]: תַּלְמוּד, [[Transliteração|transl.]] ''Talmud'') é um livro Sagrado dos judeus {{Carece de fontes|data=abril de 2011}}, um registro das discussões [[Rabino|rabínicas]] que pertencem à [[Halachá|lei]], [[Ética judaica|ética]], costumes e história do [[judaísmo]].{{Carece de fontes|data=abril de 2011}} É um texto central para o [[judaísmo rabínico]].{{Carece de fontes|data=abril de 2011}}
 
O Talmude tem dois componentes: a [[Mishná]] (c. [[200]] d.C.), o primeiro compêndio escrito da Lei Oral judaica; e o [[Guemará]] (c. [[500]] d.C.), uma discussão da Mishná e dos [[Tannaim|escritos tanaíticos]] que frequentemente abordam outros tópicos, e são expostos amplamente no [[Tanakh]].{{Carece de fontes|data=abril de 2011}}
 
O Mishná foi redigido pelos mestres chamados ''Tannaim'' ("[[tanaítas]]"), termo que deriva da palavra hebraica que significa "ensinar" ou "transmitir uma tradição".{{Carece de fontes|data=abril de 2011}} Os tanaítas viveram entre o [[século I]] e o [[século III|III]] d.C.{{Carece de fontes|data=abril de 2011}} A primeira codificação é atribuída a [[Rabi Akiva]] ([[50]] – [[130]]), e uma segunda, a [[Rabi Meir]] (entre [[130]] e [[160]] d.C.), ambas as ''versões'' tendo sido escritas no atual [[Língua aramaica|idioma aramaico]], ainda em uso no interior da [[Síria]].{{Carece de fontes|data=abril de 2011}}
Utilizador anónimo