Abrir menu principal

Alterações

169 bytes adicionados ,  12h36min de 13 de novembro de 2013
===Entrada ao serviço===
[[File:Carruagem com dois pisos na Estação de Nine.jpg|thumb|Fotografia antiga da Estação de Nine.]]
O troço entre Nine e [[Estação de Campanhã|Porto-Campanhã]] da Linha do Minho abriu à exploração em 21 de Maio de 1875; no mesmo dia, também entrou ao serviço o Ramal de Braga, ligando esta estação à cidade de [[Braga]].<ref name=CP>{{citar web|acessodata=12 de Janeiro de 2013|publicado=Comboios de Portugal|título=Cronologia|url=http://www.cp.pt/cp/displayPage.do?vgnextoid=d5433cddefcb7010VgnVCM1000007b01a8c0RCRD}}</ref><ref name=Gazeta1684>{{Citar periódico|autor=[[Carlos Manitto Torres|TORRES, Carlos Manitto]]|data=16 de Fevereiro de 1958|titulo=A evolução das linhas portuguesas e o seu significado ferroviário|jornal=Gazeta dos Caminhos de Ferro|volume=70|numero=1684|paginas=92, 93|local=Lisboa|data=16 de Fevereiro de 1958|url=http://hemerotecadigital.cm-lisboa.pt/OBRAS/GazetaCF/1958/N1684/N1684_master/GazetaCFN1684.pdf|acessodata=12 de Janeiro de 2013}}</ref><ref>Os Caminhos de Ferro Portugueses 1856-2006, p. 12</ref>
 
Além de ponto de entroncamento entre a Linha do Minho e o Ramal de Braga, um dos objectivos para a construção desta estação foi o de ser um entreposto, para a redistribuição dos diversos produtos do [[Minho]].<ref>Viegas, p. 49</ref>
 
===Continuação até Barcelos===
O segundo troço da Linha do Minho, até à [[Estação de Barcelos]], entrou ao serviço em 21 de Outubro de 1877.<ref name=Gazeta1684/>
 
===Século XX===