Diferenças entre edições de "Paulicianismo"

2 bytes adicionados ,  17h04min de 25 de novembro de 2013
ajustes formato
(ajustes formato)
{{Série Gnosticismo}}
O '''paulicianismo''' ({{Langx|hy|Պավլիկյաններ|nomebr}}, também lembrado como ''Pavlikians'' ou ''Paulikianoi'' <ref>{{1913CE|Paulicians}}</ref>) foi uma seita [[Adocionismo|adocionista]], também acusada por fontes [[Idade Média|medievais]] como [[Gnosticismo|gnóstica]] e quase [[maniqueísta]]. Os '''paulicianos''' floresceram entre 650 e 872 na [[Armênia]] e partes orientais do [[Império Bizantino]], como [[Anatólia]] e os [[Balcãs]]. De acordo com fontes medievais bizantinas, o nome do grupo foi obtido a partir do terceiro século do [[Anexo:Lista de patriarcas de Antioquia|bispo de Antioquia]], [[Paulo de Samósata]], na éopcaépoca do [[Cristianismocristianismo primitivo]].<ref name="SAE">(em armênio) Melik-Bakhshyan, Stepan. ''«Պավլիկյան շարժում»'' (The Paulician movement). [[Armenian Soviet Encyclopedia]]. vol. ix. Yerevan, Armenian SSR: Armenian Academy of Sciences, 1983, pp. 140-141.</ref><ref>{{citar livro
| sobrenome =Nersessian
| nome =Vrej
Após as perseguições os então denominados hereges paulicianos expandiram-se para os Balcãs ocidentais, dando a possível origem aos [[bogomilos]]. Segundo creem alguns historiadores {{quem}} posteriormente originaram os [[albigenses]] nos [[Alpes]] do sul da [[França]] ao se unirem com os "hereges" que lá residiam.
 
Os paulicianos sobrevivem hoje na Bulgária, retendo seu dialeto peculiar e desde o século XIX se uniram ao catolicismo romano sob a influências deinfluênciade missionários franciscanos.
 
{{Referências|col=2}}
 
{{Refbegin|sec== Bibliografia}} ==
{{Refbegin|2}}
 
* DAWSON, Christopher.''Los origenes de Europa'',1991.
41 863

edições