Diferenças entre edições de "Maria Paleóloga Cantacuzena"

1 byte removido ,  23h17min de 4 de dezembro de 2013
sem resumo de edição
A deposição e a posterior mutilação jovem [[imperador niceno]] João IV Láscaris por Miguel VIII depois da [[reconquista de Constantinopla]] em 1261 colocou Constantino Tikh, do [[Segundo Império Búlgaro|Império Búlgaro]], cunhado do garoto, contra os bizantinos.
 
Depois da morte da ''tsarina'' Irene Lascarina em 1268, Constantino procurou se reconciliar com o imperador bizantino ao propor casar-se com uma [[Paleólogos|princesa paleóloga]] e a escolhida de Miguel foi sua sobrinha Maria. Ambos já haviam se casado antes: ela com [[Aleixo Files]] e Constantino estava na terceira esposa. Como condição para o casamento, os portos do [[Mar Negro]] de [[MesêmbriaMesembria]] e [[Anquíalo]] deveriam ser entregues aos búlgaros como parte do [[dote]] da princesa.
 
Maria e Constantino se casaram em 1269. Porém, as disputas sobre a entrega do prometido dote azedaram a relação entre as potências. Maria percebeu que o comportamento do seu tio acabaria por minar sua posição na corte búlgara e, assim, ela propôs abertamente que o marido atacasse Miguel VIII. Os búlgaros se aliaram ao rei [[Carlos I da Sicília]], que já estava planejando uma campanha contra o [[Império Bizantino]] para restaurar o [[Império Latino]]. Miguel VIII respondeu casando sua filha [[:wikt:bastardo|bastarda]], [[Eufrósine Paleóloga]], com [[Nogai Khan]] da [[Horda Dourada]], que, já aliado dos bizantinos, saqueou a Bulgária em 1274.