Diferenças entre edições de "Wikipédia:Página de testes/1"

2 417 bytes removidos ,  23h55min de 1 de janeiro de 2014
m
Bot: A limpar página de testes
(direito de provedores clientes, serviços de internet, falta de prova e um novo topico quanto a velocidade e banda)
m (Bot: A limpar página de testes)
<!--não apague esta linha-->{{página de testes}}<!--não apague esta linha-->
<!--Escreva abaixo da linha! -------------------------------- -->
direito de provedores e cliente de internet
 
segundo as pesquisas as empresas no tocante a serviço de internet estao tranquilos, nao existe uma lei que proteja o usuário,
este ao adquirir um serviço fica sem armas para lutar pelos direitos.
A internet por prestadora telefonica moveis, tem o direito de dispor de 10 por cento do valor contratado, porem é sabido que
se o gasto de combustivel para uma viagem é 10 litros, 1 litro nao é o suficiente, e por enquanto esta situaçao nao foi solucionada, portanto existe algo pior, é a respeito da falta de operaçao da rede, pois o tempo offline nao é recompençado.
Os provedore de internete Wiifi tambem estao tranquilos ja que as leis ainda nao foi estabelecidas, pois a velocidade nunca é a contratada, muitas vezes fica fora do ar, tempo superior a 24 horas, outra situaçao é ela entrar e sair em curto tempo, fazendo o cliente perder todo trabalho que estava fazendo, infelizmente a anatel nao chegou a uma conclusiva sobre o assunto segundo as pesquisas que foram feitas, por isto nao se pode acolher um material o qual favoreça para reclamar os direitos.
esta situaçao e tipica no brasil e em paises pobres, onde para ter uma velocidade de 35kps de downloads gasta-se 8,5 por cento do salario minimo, é havendo a possibilidade do descaso das empresas e as autoridade o cliente de internet fica mais offline, esta na hora de mudar isto, ajude nos a editar materias sobre este assunto que venha mudar está história, pois deste jeito que foi esclarecido, estar online serve apenas para ascender como mais um online na somatoria deste e daquele pais, mas nao é possivel desfrutar dos serviços comuns que a internet oferece, onde é nescessario ascesso ineterrupto ou da velocidade sabida para cada tipo de negocio, geralmente o cliente pesquisa, para contratar, mas sem parametro entre os envolvidos nao ha suporte.
Ja ha tempo que a internet foi introduzida, porém não é gratuita,nada contra, sendo paga, o cidadão recebe como mercadoria, mas nao há deveres e obrigaçoes quanto a questao, offline ou online, no ar ou fora do ar, a banda (larga), é larga ou estreita, ou nao se enquadra na referencia, isto é um outro topico para analise, pois a medida de velocidade que lhe confere a distinção de banda tem que ser valida em todo territorio mundial,visto que tomam como base o kps uploloads e kps downloads e ping, basicamente.
106 108

edições