Diferenças entre edições de "Caviar"

18 bytes removidos ,  19h48min de 8 de janeiro de 2014
sem resumo de edição
[[Ficheiro:Ossetra Caviar with Champagne.jpg|thumb|450px|Caviar ossetra iraniano, pronto a servir com colheres de [[madrepérola]], acompanhado com champanhe.]]
O '''caviar''' é um [[alimento]] e [[culinária|iguaria]] de [[luxo]], consistindo em [[ova]]s de [[esturjão]] ou de [[Salmão]] não-fertilizadas salgadas,<ref>[http://www.iranica.com/newsite/articles/v5f1/v5f1a037.html Houshang Alʿam, "Caviar", in ''Encyclopædia Iranica'' em linha.]</ref> sem qualquer outro tipo de aditivo, corante ou preservante. As ovas podem ser "frescas" (não-pasteurizadas) ou pasteurizadas, tendo estas muito menor valor gastronómico e monetário.<ref>Como declara Jean-Pierre Esmilaire, ''Directeur Général'' da [https://www.caviarhouse-prunier.com/index/index/loc/25/lan/1/International/en/ Caviar House & Prunier]: "two-thirds of caviar's taste is lost through pasteurisation." (in [http://www.caterersearch.com/Articles/2001/02/01/34258/three-star-caviar.html "Three-star caviar", Caterersearch - The complete information source for hospitality, 01 February 2001]). Igualmente, Judith C. Sutton afirma que "pasteurized caviar doesn't taste as good or have the consistency of fresh caviar, and caviar lovers avoid it." (Judith C. Sutton, ''Champagne & Caviar & Other Delicacies'', New York, Balck Dog & Leventhal, 1998, p. 53.)</ref>
 
Tradicionalmente a designação "caviar" é apenas utilizada para as ovas provenientes das espécies selvagens de esturjão, principalmente as do [[Mar Cáspio]] e seus afluentes, em regra oriundas da [[Rússia]] ou do [[Irã]] (caviar Beluga, Ossetra e Sevruga). Estas ovas, consoante a sua qualidade (sabor, tamanho, consistência e cor), atingem presentemente (Fevereiro de 2010) preços entre os 6.000€ e os 12.000€ o quilo no mercado europeu ocidental, estando associadas a ambientes [[gourmet]] e de [[alta cozinha]] (''haute cuisine'').
Utilizador anónimo