Diferenças entre edições de "Associação Latino-Americana de Integração"

m
Revertidas edições por 191.176.177.242 para a última versão por Aleph Bot (usando Huggle)
m (Revertidas edições por 191.176.177.242 para a última versão por Aleph Bot (usando Huggle))
[[Ficheiro:Mercosul flag.png|thumb|[[Bandeira do Mercosul]].]]
 
Os acordos de alcance parcialregional podem ser classificados por suas modalidades. Tal classificação se dá da seguinte maneira: acordos de complementação econômica, acordos [[agropecuária|agropecuários]], acordos de promoção do [[comércio]] e acordos de outras modalidades.
 
Os Acordos de Complementação Econômica (ACE) visam a promover a entrada de produtos nos países signatários mediante políticas econômicas conjuntas, criando zonas de livre comércio. Há acordos celebrados entre países-membros e, inclusive, acordos entre blocos sub-regionais. Segundo o sítio da ALADI, "''atualmente, além dos esquemas de integração sub-regionais ([[Comunidade Andina de Nações]] e [[MERCOSUL]]-ACE 18), existem nove acordos de complementação econômica que prevêem o estabelecimento de zonas de livre comércio entre seus signatários. Participam destes acordos [[Chile]]-[[Venezuela]] (ACE 23), Chile-[[Colômbia]] (ACE 24), [[Bolívia]]-[[México]] (ACE 31), Chile-[[Equador]] (ACE 32), Colômbia-México-Venezuela (ACE 33), MERCOSUL-Chile (ACE 35), MERCOSUL-Bolívia (ACE 36), Chile-[[Peru]] (ACE-38), Chile-México (ACE 41), (MERCOSUL-Peru) ACE 58, (MERCOSUL-Colômbia-Equador-Venezuela) ACE 59 e (México-[[Uruguai]]) ACE 60''."<ref>{{citar web|url=http://www.aladi.org/nsfaladi/textacdos.nsf/TEXTACDOSPORT|titulo=Acordos}}</ref>