Diferenças entre edições de "Disciplina"

6 620 bytes removidos ,  18h26min de 1 de fevereiro de 2014
discriçoes pejurativas
m (Foram revertidas as edições de 179.185.72.149 para a última revisão de Vitor Mazuco (usando Huggle))
(discriçoes pejurativas)
{{ver desambiguação}}
 
=== esta pagina esta excluida devido a burrice de entrar aqui e quem foi q exclui0o foi o josevaldineldo da silva patati patata q todo mundo toma no sitio do picapau - amarelo e no butao. e na cacau show ===
{{Sem-fontes|data=Fevereiro de 2008}}
 
'''Disciplina''' tem a mesma [[etimologia]] da palavra "discípulo", que significa "aquele que segue". Também é um dos nomes que se pode dar a qualquer área de conhecimento estudada e ministrada em um ambiente [[escola]]r ou acadêmico. Geralmente diz respeito a uma [[Ciência]] ou [[Técnica]], ou subderivados destas. Aqueles que seguem uma disciplina podem assim ser chamados de [[discípulo]]s.
 
 
Prefeitura disciplina transporte escolar
Ações educativas ocorrem na entrada e saída das escolas
Praia Grande está intensificando as ações educativas e a fiscalização do transporte escolar, na entrada e saída das unidades municipais, estaduais e particulares. O trabalho visa melhorar o serviço prestado, para que ocorra de forma responsável. As abordagens incluem verificação da conduta operacional do transportador, além de observar eventuais práticas do transporte irregular.
 
A operação está sendo realizada pela Secretaria de Transporte de Praia Grande (Setransp) e conta com o apoio da Secretaria de Educação (seduc), da Guarda Civil Municipal e da Polícia Militar. O trabalho é desempenhado por agentes de trânsito e funcionários do setor.
 
De acordo com a secretária de Transporte, Raquel Auxiliadora Chini, o objetivo é oferecer segurança, tranquilidade e qualidade no transporte dos estudantes que utilizam o serviço. “Profissionais que trabalham na área precisam ter uma conduta específica, observando também todos os itens de segurança obrigatórios. Pais, responsáveis e estudantes só têm a ganhar com o trabalho”, afirmou.
 
==Disciplina na escola==
 
Uma das mais comuns definições de indisciplina é quando o [[aluno]] impede que a [[escola]] cumpra com seus [[objetivo]]s. Mas para que essa disciplina aconteça ela tem [[origem]] em três aspectos: a [[escola]], o [[professor]] e o [[aluno]].
 
*'''''A escola'''''; quando a [[escola]] não oferece a [[perspectiva]] de construir em conjunto as regras de um convívio, de [[interação]], pois a [[escola]] precisa de regras e [[norma]]s que orientem seu funcionamento e de convivência entre os diferentes [[elemento]]s que nela atuam. Nesse sentido, as normas passam a ser compreendidas como condição necessária ao convívio [[social]];
 
*'''''O [[professor]]'''''; quando ele não constrói uma [[aula]] significativa; quando não critica a postura do [[aluno]] que “quebra” [[conceitos]] que foram estabelecidos sobre os [[limites]] necessários. Um dos fatores que mais estimula a indisciplina, ou a falta de consideração dos [[aluno]]s ao [[professor]] é a falta de coerência entre o que o [[professor]] diz e o que ele faz, entre os [[valor]]es que ele tenta [[transmitir]] aos [[aluno]]s e os que ele mesmo vive. Ou seja, os [[valor]]es e atitudes cultivados numa [[escola]] precisam ser incorporados por toda a [[equipe]] de profissionais; a incoerência entre a vivência desses [[valor]]es pelos [[professor]]es, pode transmitir aos [[aluno]]s uma [[visão]] distorcida dos valores que a [[instituição]] cultiva.
 
*'''''O [[aluno]]'''''; quando procura capturar a [[atenção]] do [[professor]]; certas [[postura]]s que a [[escola]] tem, desde que estes [[valor]]es sejam cultivados. Muitas [[criança]]s têm uma criação familiar totalmente [[autoritária]], estão acostumadas a serem surradas e a receberem [[severo]]s [[castigo]]s. Por esta razão não conseguem viver em [[ambiente]] [[democrático]]. Mas também há, muitos [[pais]] que acabam dando [[liberdade]] excessiva a seus [[filho]]s, criando-os indisciplinados, cheios de dengos, que não conseguem conviver com obrigações rotineiras e sentem-se frustrados quando não são os centros das atenções.
 
Ou seja, as [[criança]]s precisam sim aderir às regras (que implicam [[valor]]es e formas de [[conduta]]) e estas somente podem vir de seus [[educador]]es, [[pais]] ou [[professor]]es. Os limites implicados por estas regras não devem ser apenas interpretados no seu sentido negativo: o que não pode ser feito ou ultrapassado. Devem também ser entendidos no seu sentido positivo: o limite situa, dá consciência de posição ocupada dentro de algum espaço social – a família, a escola, a sociedade como um todo.
 
Então é mais fácil para os alunos seguirem regras que eles ajudam a criar, chegando à [[disciplina]]. Para definir regras, de forma democrática, a classe toda discute, sob a condição de que todos aceitem o que a maioria decidir.
 
Com a negociação de objetivos e regras com os alunos, estes vão aos poucos aprendendo a serem disciplinados, pois a disciplina é, de modo geral, um trabalho de todos em sala de [[aula]]. Constrói-se a melhor maneira de acordo com as necessidades.
 
Cada atividade em sala de aula tem uma disciplina adequada a seu [[desenvolvimento]].
 
A qualidade de uma instituição escolar depende em grande parte do modo pelo qual ela enfoca o processo de condução das atividades desenvolvidas em sala de aula e/ou laboratório, ou seja, não é somente na escola onde se realiza o processo de ensino-aprendizagem, como também o lugar que traz sempre o momento oportuno para se desenvolver e promover os valores [[humano]]s nos alunos. Essa qualidade depende, sobretudo, da capacidade dos professores estimularem o esforço dos alunos.
 
No momento em que a [[criança]] aprende a administrar sozinha suas tarefas, quando necessário solicita a ajuda ao professor, assim melhora suas competências e desta maneira as suas notas. Ela está na conquista de sua [[autonomia]], passa por um aprendizado complexo e longo pelo qual a criança desenvolve a disciplina para dar conta de suas tarefas. Com isso, as crianças aprendem desde cedo a se organizar para chegar à autodisciplina.
 
A disciplina é um [[hábito]] interno que facilita a cada pessoa o cumprimento de suas obrigações, é um autodomínio, é a capacidade de utilizar a [[liberdade]] pessoal, isto é, a possibilidade de atuar livremente superando os condicionamentos internos e externos que se apresentam na vida cotidiana.
 
Os diversos conceitos de indisciplina e disciplina estão ligados a vários meios: social, moral, intelectual, entre outros. O consenso entre diversos grupos poderá ser a melhor saída, e é importante lembrarmos da fala de [[Paulo Freire]]: "Ninguém se disciplina sozinho. Os homens se disciplinam em comunhão, mediados pela realidade". Desse modo, a disciplina não deve ser imposta e nem tão pouco os educadores e a família estão alheios a esta função, todos devem participar da formação dos novos cidadãos de nossa sociedade.
 
{{wikiquote|Disciplina}}
* {{Link|pt|http://www.educacaonaescola.com.br/silvia-parrat-dayan-explica-a-indisciplina-na-escola/|Sílvia Parrat fala sobre Indisciplina Escolar no Brasil}}
 
{{portal-educação}}
{{esboço-educação}}
 
=== Categoria: vai toma no c# p#rra vai se f#ude ===
[[Categoria:Terminologia da educação]]
Utilizador anónimo