Diferenças entre edições de "Companhia Ferro-Carril de São Cristóvão"

305 bytes adicionados ,  21h57min de 1 de fevereiro de 2014
À época do Império atendia ao transporte dos abastados moradores de São Cristóvão mas, após a [[Proclamação da República do Brasil]], com a perda de prestígio para os novos empreendimentos imobiliários na Zona Sul, e diante da transformação do bairro em área industrial, a empresa passou a transportar [[Proletário|operários]].
 
Em seu auge, a empresa chegou a possuir um quantitativo de 150 carros, 2000 animais e 600 empregados<ref>[http://www.gazetadopovo.com.br/vidaecidadania/conteudo.phtml?tl=1&id=1444028&tit=O-ultimo-dos-tropeiros O último dos tropeiros - Aos 100 anos de idade, Otávio dos Reis lembra com detalhes dos tempos em que percorria a tradicional rota Viamão-Sorocaba] Jornal Paranaense - [[Gazeta do Povo]]</ref>.
 
=={{Ver também}}==
78

edições