Diferenças entre edições de "Doença não transmissível"

1 byte removido ,  22h10min de 2 de fevereiro de 2014
/* Classificação
m (BOT - Possível teste de 200.137.171.194, revertendo para a edição 35849431 de Zoldyick.)
(/* Classificação)
Em recente encontro realizado no México<ref>OPAS / OMS. Taller: Economía de la prevención de enfermedades no transmisibles y sus factores de riesgo. México, 14 - 15 de noviembre del 2011.</ref> experts da [[OMS]] e [[OPAS]] consideraram que para desenvolver uma estratégia abrangente de abordagem das Doenças Não Transmissíveis é necessário o desenvolvimento de evidências sobre o impacto sócio-econômico destas sobre os sistemas de saúde avaliando concomitantemente a eficácia das diferentes formas de intervenção com o objetivo de definir prioridades locais e justificar as políticas públicas para essas patologias que somente na região das Américas atinge aproximadamente 250.000.000 (milhões) de pessoas.<ref>Hospedales, C. James. NCDs in Latin America & the Caribbean in: Regional Workshop on Economic Dimensions of NCDs. PAHO/WHO [http://new.paho.org/bra/apsredes/index.php?option=com_docman&task=doc_download&gid=206&Itemid= download apresentação da OPS] Dez. 2011</ref>
 
== CaracterizaçãoClassificação ==
[[Imagem:Physician in hospital sickroom printed 1682.jpg|right|thumb|150px|Hospital em [[Nuremberga]], 1682.]]
As doenças e agravos não transmissíveis - DANTs; doenças não infecciosas ou não transmissíveis, como também são chamadas em função das demandas de atendimento aos agravos causados pela [[violência]] nos serviços de saúde, recebem vários nomes, como foi dito, sendo que nenhum adequa-se totalmente a explicação todas as suas particularidades de expressão e causa..
Utilizador anónimo