Diferenças entre edições de "Hidra (satélite)"

1 byte removido ,  16h52min de 4 de fevereiro de 2014
m
sem resumo de edição
m (A migrar 50 interwikis, agora providenciados por Wikidata em d:q102701)
m
'''Hidra''' é um [[satélite natural]] de [[Plutão]]. Ela foi descoberta juntamente com [[Nix (satélite)|Nix]] em junho de 2005, pela Equipe de Busca de Plutão do telescópio espacial Hubble, composta por [[Hal A. Weaver]], [[S. Alan Stern]], [[Max J. Mutchler]], [[Andrew J. Steffl]], [[Marc W. Buie]], [[William J. Merline]], [[John R. Spencer]], [[Eliot F. Young]] e [[Leslie A. Young]]. As imagens da descoberta foram tiradas em [[15 de maio]] e [[18 de maio]] de [[2005]]; as luas foram avistadas pela primeira vez por Max J. Mutchler em [[15 de junho]] de 2005 e as descobertas foram anunciadas em [[31 de outubro]] de 2005, depois de confirmações obtidas por outras observações. A lua foi [[designação provisória na astronomia|designada]] '''S/2005 P 1'''.
 
O satélite orbita o [[baricentro]] do sistema no mesmo plano que [[Caronte (satélite)|Caronte]] e Nix, a uma distância de cerca de 65.000 km. Diferente de outras satélites de Plutão, sua órbita é apenas aproximadamente circular; sua [[Excentricidade orbital|excentricidade]] de 0,0052 é pequena, mas significantemente diferente de zero. Seu período orbital de 38,2 dias é próximo a uma [[ressonância orbital]] de 1:6 com Caronte, com a discrepância de tempo sendo 0,3%. Se isto é uma ressonância real, são necessárias mais informações detalhadas sobre sua órbita, em particular, sua taxa de precessão. Se não houver ressonância verdadeira, uma hipótese para explicar a quase-ressonância é que ela se originou antes da separação de Caronte, seguindo-se a formação das três lucasluas conhecidas, e é mantida pela flutuação local periódica de 15% no campo gravitacional Plutão-Caronte.
 
[[Ficheiro:Pluto system 2005 discovery images.jpg|thumb|250px|esquerda|Imagens da descoberta de Hidra.]]