Diferenças entre edições de "Ka"

852 bytes adicionados ,  13h45min de 7 de fevereiro de 2014
sem resumo de edição
m (BOT - Possível teste de 200.183.173.18, revertendo para a edição 37379287 de HVL.)
{{ver desambiguação}}
{{hiero|Ka (kȝ)|<hiero>D28:Z1</hiero>}}
Entre os [[História do Egipto|antigos Egípcios]], o '''kaKa''' designava uma espécie de ''[[alma]]'' que acreditavam que existia, tanto nos homens, como nos [[deus]]es.
 
O conceito em si é difícil de trasladar hoje para qualquer outra língua viva através de uma só palavra. Em português, o termo que melhor o poderá traduzir será talvez o de [[alma]], ressalvando no entanto as devidas distâncias entre a concepção [[cristianismo|cristã]] da alma, e a concepção egípcia do kaKa.
 
O kaKa pode então ser definido como um princípio ou elemento metafísico, imaterial, invisível, volátil e, de certa forma, metafórico, que permitia assegurar a sobrevivência dos homens neste mundo, e lhes conferia a vida eterna no outro.
 
Em contra parte ao analisar os fundamentos do Ka e propor uma perspectiva oriental sobre o assunto, vemos que o Ka pode ser comparado ao [[Mana (magia)|mana]] ou seja uma energia mística que pode ser utilizada para fins que vão além da compreensão humana. Por isso deuses possuem apenas Ka pois eles são a própria energia mística, como também descritos em textos os homens possuem um [[Ba (mitologia egípcia)]] e um Ka, no entanto os deuses são compostos de um Ba e muitos Kas<ref>1</ref> reforçando a ideia de que essa força mística seria o que os move ou o que os torna deuses, e assim diferentes de nós que somos compostos de um [[Ba (mitologia egípcia)]], um Ka, Akh (Ba unido ao Ka após a morte), Sahu, Sekhem, Ab ou Ib e Ren.
 
Não deve ser confundido com outro princípio ou elemento metafísico egípcio, o [[Ba (mitologia egípcia)|ba]].
 
[[it:Anima (religione dell'antico Egitto)#Ka]]
 
{{referências}}
<ref>1</ref> Coleção "Grandes impérios e civilizações - O mundo egipcio Vol. 2"
30

edições