Diferenças entre edições de "Pita (futebolista)"

24 bytes adicionados ,  14h59min de 11 de fevereiro de 2014
Ajustes.
(Ajustes.)
Logo após este campeonato ele começou a treinar na [[Portuguesa Santista]] e, depois de dois anos, já estava no juvenil do Santos. Em 1978 o treinador [[Francisco Ferreira de Aguiar|Formiga]] promoveu-o definitivamente para a equipe principal que estava cheia de jovens talentos, como [[Juary Jorge dos Santos Filho|Juary]], [[João Paulo de Lima Filho|João Paulo]] e [[Nílton Batata]]. Esta equipe foi apelidada de "Meninos da Vila". Neste mesmo ano começaram o [[Campeonato Paulista de Futebol de 1978|Campeonato Paulista]] desacreditados e terminaram campeões. Foi o único título de Pita defendendo o Santos.
 
Em 1984 Pita foi negociado com o [[São Paulo Futebol Clube|São Paulo]], numa troca em que envolveu os jogadores [[José Sérgio Presti|Zé Sergio]] e Humberto.<ref>[http://esportes.terra.com.br/infograficos/troca-trocas-futebol-brasileiro/ Pita x Zé Sergio e Humberto] Esporte - Terra </ref> e noNo time do [[Estádio Cícero Pompeu de Toledo|Morumbi]] conquistou o [[Campeonato Paulista de Futebol de 1985|Campeonato Paulista de 1985]] e o [[Campeonato Brasileiro de Futebol de 1986|segundo título nacional do tricolor]]. Apesar do campeonato, Pita discutiu com o técnico [[Otacílio Pires de Camargo|Cilinho]] e quase deixou o clube, permanecendo por interferência da diretoria. Em 1987 conseguiria novamente o [[Campeonato Paulista de Futebol de 1987|Campeonato Paulista]], sendo festejado e reconhecido como craque também pela torcida tricolor.
 
Mas, o período de glórias no São Paulo não foi tão longo assim: durou apenas quatro anos, e em 1988 Pita foi vendido ao [[Racing Strasburg]] por um milhão de [[dólar]]es. Depois da rápida passagem pelo clube francês, Pita voltou ao Brasil para defender o [[Guarani Futebol Clube|Guarani]] e depois participou da temporada inicial da implantação do futebol no [[Japão]] em 1993.