Diferenças entre edições de "Eletroencefalografia"

1 byte adicionado ,  09h37min de 12 de fevereiro de 2014
Desfeita a edição suspeita de 189.82.115.107
(→‎História: çhfd1232)
(Desfeita a edição suspeita de 189.82.115.107)
Berger obteve um reconhecimento público por seu trabalho em 1937 no I Congresso Internacional de Psicologia ocorrido nesse ano em Paris contudo, por sua difusão principalmente no Canadá, Estados Unidos e Grã Bretanha em meados da década de 1950 a eletroencefalografia já estava accessível nas clinicas médicas.
 
O princípio básico de obtenção dos traçados eletroencefalográficos é a amplificação dos sinais elétricos captados do escalpo por meio de potentes circuitos amplificadores, chamados de amplificadores diferenciais. Estes circuitos são capazes de amplificar diferenças de potencial entre dois pontos do escalpo, um de maior e outro de menor voltagem, gerando posteriormente um traçado gráfico que pode ser impresso em papel através de penas ou, mais modernamente, visualizado na tela de um computador, após a conversão analógico-digital. Para este fim, atualmente, são utilizados softwares conhecidos como EEG Digital, como por exemplo o EEG-Holter <ref>{{citar web|url=http://sourceforge.net/projects/eegholter|título=EEG-Holter|publicado=SourceForge.net|acessodata=[[16 de fevereiro]] de [[2010]]}}</ref>. O [http://drromulobertolaccini.site.med.br/index.asp?PageName=Eletroencefalografia-20-2D-20fundamentos EEG-Holter] é um software livre e aberto para a prática da eletroencefalografia digital.
 
== Princípios de avaliação ==
Utilizador anónimo