Abrir menu principal

Alterações

1 byte adicionado ,  00h23min de 16 de fevereiro de 2014
 
== Biografia ==
Cora Rónai começou sua carreira no jornalismo em [[Brasília]]. Trabalhou no ''[[Jornal de Brasília]]'', no ''[[Correio Braziliense]]'' e nas sucursais da ''[[Folha de S. Paulo]]'' e do ''[[Jornal do Brasil]]''. Em 1980 voltou para o [[Rio de Janeiro (cidade)|Rio de Janeiro]]. Em 1982 deixou o ''Jornal do Brasil'', ao qual retornaria alguns anos depois, para dedicar-se à literatura e ao teatro infantis. Nessas áreas, recebeu prêmios da ANLIJ e o Prêmio Mambembe.<ref>[http://www.portaldosjornalistas.com.br/perfil.aspx?id=9990 "Cora Rónai"]. ''Portal dos Jornalistas''</ref>
 
Em 1980 voltou para o [[Rio de Janeiro (cidade)|Rio de Janeiro]]. Em 1982 deixou o ''Jornal do Brasil'', ao qual retornaria alguns anos depois, para dedicar-se à literatura e ao teatro infantis. Nessas áreas, recebeu prêmios da ANLIJ e o Prêmio Mambembe.<ref>[http://www.portaldosjornalistas.com.br/perfil.aspx?id=9990 "Cora Rónai"]. ''Portal dos Jornalistas''</ref>
 
Pioneira do jornalismo de tecnologia, lançou em 1987, no ''Jornal do Brasil'', a primeira coluna sobre computação da grande imprensa brasileira. Usuária de [[computador pessoal]] desde 1986, adotava, já então, o estilo de escrita coloquial que caracteriza o seu trabalho, seja na área cultural, seja na área tecnológica.
Utilizador anónimo