Abrir menu principal

Alterações

20 bytes adicionados ,  05h15min de 17 de fevereiro de 2014
Desfeita a edição 38188750 de 187.36.2.69
*[[João Antônio da Silveira]]
 
A primeira capital da nova república foi a cidade de [[Piratini]].<ref name= encicrs_sp/> Em [[1839]], forças lideradas pelo revolucionário italiano [[Giuseppe Garibaldi]] e pelo gaúcho [[Davi Canabarro]] proclamaram a [[República Juliana]] na província de [[Santa Catarina]], tomando a cidade de [[Laguna (Santa Catarina)|Laguna]]. A nova república formou uma confederação com a Rio-Grandense mas não durou apenas 116 diasmuito, pois os farroupilhas não souberamconseguiu administrartomar a simpatiacapital doprovincial povode lagunense[[Florianópolis|Nossa poisSenhora do Desterro]] haviam(depois saqueadorenomeada LagunaFlorianópolis).
 
A República Rio-Grandense foi dissolvida em [[1 de março]] de [[1845]], pelo [[Tratado de Poncho Verde]], que manteve em vigor algumas leis derivadas da constituição rio-grandense. Teve ao todo cinco capitais durante os seus nove anos de existência: [[Piratini]], [[Caçapava do Sul]], [[Alegrete (Rio Grande do Sul)|Alegrete]] e [[São Gabriel (Rio Grande do Sul)|São Gabriel]] (capitais oficiais), [[Bagé]] (somente por duas semanas) e [[São Borja]]. Os seus presidentes foram [[Bento Gonçalves]] e [[Gomes Jardim]].
1 905

edições