Diferenças entre edições de "Languedoc"

Sem alteração do tamanho ,  20h05min de 17 de fevereiro de 2014
sem resumo de edição
Durante a [[Guerra dos Cem Anos]], a Languedoc foi invadida pelos [[Borgonha|borgonheses]] e ingleses. Foi onde o [[Delfim de França|delfim]] [[Carlos VII da França|Carlos]] se refugiou depois de entregar Paris aos ingleses. Carlos VII entregou seu território ao duque de [[Berry]], que restaurou a área com base em impostos pesados (abolidos por [[Francisco II da França|Francisco II]]).
 
Languedoc estava permanentemente em dívida para com a coroa francesa no âmbito da política do [[Cardeal Richelieu]]. Após a [[Revolução francesa]] o poder central parisiense por criar um estado unitário aboliu as divisões territoriais tradicionais fragmentando-as em [[Departamentos da França|departamento]]s, desde os anos [[1970]] o poder central francês com sede em Paris estabeleceu um sistema de [[regionalização]] que de nenhum modo inclui as características históricas, culturais ou étnicas dentro do atual estado francês, mas atende aos critérios burocráticos de maior eficácia na gestão dos recursos econômicos, é desta forma que reapareceu o nome de Languedoc, mas não correspondendo exatamente a seu território autêntico e anexando com o território predominantemente [[Catalunha Norte|catalão]] do [[RoussillonRossilhão]] (ou [[Pirenéus Orientais]]).
 
== Língua de oc ==