Diferenças entre edições de "Caicó"

Sem alteração do tamanho ,  14h33min de 22 de fevereiro de 2014
}}
Os fortes traços de influência europeia da população caicoense fez com que os habitantes recebessem a alcunha de [[galegos]], que era utilizado para designar as pessoas mais claras que vieram majoritariamente de norte de [[Portugal]] e da fronteira galega na [[Espanha]], principalmente da região do vale do [[Minho (província)|Minho]], seguida das regiões de [[Açores]], [[Estremadura]], [[Trás-os-Montes e Alto Douro|Douro]] e [[Trás-os-Montes e Alto Douro|Trás-os-Montes]], onde eram chamados de patrões-marinheiros, em referência a viagem marítima de [[Portugal]] ao [[Brasil]]; mas Caicó ainda foi povoada por migrantes de [[Pernambuco]] ([[Goiana]] e [[Igarassu]]) e [[Paraíba]].<ref>{{Citar web |url=http://www.tribunadonorte.com.br/noticia/o-ciclo-do-algodão-no-serido-i/150373|publicado=Tribunadonorte.com.br|título=O ciclo do algodão no Seridó - I|autor=Tomislav R. Femenick|data=6 de junho de 2010|acessodata=31 de dezembro de 2011|arquivourl=http://www.webcitation.org/64LLn31me|arquivodata=31 de dezembro de 2011}}</ref> No entanto acredita-se que parte da população branca tenha ascendência [[judia]] oriunda da [[Península Ibérica]], chamados de Cristãos-Novos, pois foram forçados à converção ao [[catolicismo]], sendo isso ainda motivo de estudos.<ref>{{Citar web |url=http://www.etur.com.br/conteudocompleto.asp?idconteudo=7529|publicado=Etur.com.br|autor= |título=Os Judeus Marranos do Rio Grande do Norte|acessodata= |data=18 de julho de 2005|arquivourl=http://www.webcitation.org/64LLrxnyF|arquivodata=31 de dezembro de 2011}}</ref> A presença [[Holanda (topônimo)|neerlandesa]] no município se limitou a expedições científicas em busca de minérios, onde não deixaram descendentes. A presença de [[negros]] [[africano]]s, apesar de limitada, é muito forte culturalmente na região, onde fundaram a [[Irmandade dos Homens Pretos|Irmandade dos Negros do Rosário]]. Em Caicó, os [[escravo]]s foram libertados antes mesmo da [[lei Áurea]].<ref>{{Citar web |url=http://www.cerescaico.ufrn.br/mneme/anais/st_trab_pdf/pdf_st3/claudia_borges_st3.pdf|publicado=Cerescaico.ufrn.br|autor= |formato=PDF |título=Artigo sobre a Irmandade dos Negros do Rosário|data= |acessodata= }}</ref> Os indígenas nativos da região eram originários das famílias [[Tarairiú]] ([[Janduí]]) e [[Cariris|Cariri]], onde se dividiam em cinco grupos: [[Canindés]], [[Jenipapo]]s, [[Sucurus]], [[Cariris]] e [[Pegas]].<ref>{{Citar web |url=http://www.cerescaico.ufrn.br/mneme/pdf/mneme01/001-p.pdf|publicado=Cerescaico.ufrn.br|autor= |formato=PDF |título=Artigo História e Espaço seridoense entre os séculos XVII e XIX|data= |acessodata= }}</ref> Atualmente, não existem mais [[Indígenas|índios]] puros na região, pois foram exterminados durante a ocupação branca por guerras e doenças, restando apenas mestiços.
[[File:Prefeitura Municipal de Caicó.jpg|thumb|200px150px|Centro Administrativo de Caicó, atual sede do poder executivo.]]
 
== Política e administração ==
183

edições