Diferenças entre edições de "Fernando Pessoa"

11 bytes adicionados ,  11h38min de 28 de fevereiro de 2014
sem resumo de edição
Das quatro obras que publicou em vida, três são na [[língua inglesa]]. Fernando Pessoa traduziu várias obras em inglês (e.g., de [[Shakespeare]] e [[Edgar Poe]]) para o português, e obras portuguesas (nomeadamente de [[António Botto]]<ref name="Monteiro1956">Maria da Encarnação Monteiro. ''[http://books.google.com/books?id=AofuAAAAMAAJ Incidências inglesas na poesia de Fernando Pessoa]''. Coimbra Editora; 1956.</ref> e [[Almada Negreiros]]) para o inglês.<ref name="PessoaOliveira1996">Fernando Pessoa; Jandyra Lobo de Oliveira. ''[http://books.google.com/books?id=AjETAQAAMAAJ Fernando Pessoa, vida e pensamentos: "Minha patria e a lingua portuguesa"]''. Editora Martin Claret; 1996. ISBN 978-85-7232-058-0.</ref>
 
Enquanto poeta, escreveu sob múltiplas personalidades – [[heterónimo]]s, como [[Ricardo Reis]], [[Álvaro de Campos]] e, [[Alberto Caeiro]] e Zé Caramb–, sendo estes últimos objeto da maior parte dos estudos sobre a sua vida e obra. Robert Hass, poeta americano, diz: "outros modernistas como [[William Butler Yeats|Yeats]], [[Ezra Pound|Pound]], [[T. S. Eliot|Elliot]] inventaram máscaras pelas quais falavam ocasionalmente... Pessoa inventava poetas inteiros." <ref name="Hass2010">Robert Hass. ''[http://books.google.com/books?id=b1b7m7JFKAUC&pg=PA150 Now and Then: The Poet's Choice Columns 1997-2000 (Large Print 16pt)]''. ReadHowYouWant.com; May 2010. ISBN 978-1-4587-5958-0. p. 150.</ref>
 
== Biografia ==
Utilizador anónimo