Diferenças entre edições de "Economia da Bósnia e Herzegovina"

184 bytes removidos ,  18h55min de 28 de fevereiro de 2014
sem resumo de edição
m (Foram revertidas as edições de 177.98.151.252 por fazer testes nos artigos (usando Huggle))
| Ano = ano calendário
| Organizações = [[CEFTA]]
| Bolsa = 28,5
| Banco = Banco do Brasil
| imagem = BBI Centar by night, Sarajevo .jpg
| legenda = BBI Centar, em [[Sarajevo]].
| Desemprego = 43,3% ([[2011]])
| Pobreza = 18,6% ([[2007]])
| Gini = 0,362 ([[20072004]])
| Inflação = 2,2% ([[2012]])
| Indústrias = aço, carvão, minério de ferro, chumbo, zinco, manganês, bauxita, alumínio de montagem de veículos, têxteis, produtos de tabaco, móveis de madeira, munição, aparelhos domésticos, refino de petróleo
| Importações_produtos = máquinas e equipamentos, produtos químicos, combustíveis, produtos alimentares
| Parceiros = [[Croácia]] 21,6%, [[Alemanha]] 13%, [[Eslovênia]] 12,9%, [[Itália]] 9,5%, [[Rússia]] 7,5%, [[Áustria]] 6,1%, [[Hungria]] 4,7% ([[2011]])
| Finanças_fonte = <ref name=CIA>{{Citar web| url = https://www.cia.gov/library/publications/the-world-factbook/geos/bk.html |título = The World Factbook|autor=CIA}} Consultado em 3 de abril de 2013</ref>
| Dívida = 9 051 milhões ([[2012]])
| Receitas = 7 887 milhões ([[2012]])
A par da [[República da Macedónia|Macedónia]], a '''[[Bósnia e Herzegovina]]''' era a mais pobre das repúblicas da antiga [[República Socialista Federal da Jugoslávia|Jugoslávia]]. A [[agricultura]] esteve sempre principalmente em mãos privadas, mas as quintas costumam ser pequenas e ineficientes e os bens alimentares são habitualmente uma das importações da república. A economia planificada deixou alguns legados na economia. Segundo as teorias económicas em voga, a indústria tem um grande excesso de pessoal. Sob a liderança do [[Josip Broz Tito|Marechal Tito]], a indústria militar foi colocada na república, e a Bósnia albergava uma grande porção das indústrias de defesa da Jugoslávia.
 
Três anos de guerras interétnicas destruíram a economia e as infraestruturas da Bósnia, causando um aumento exponencial do [[desemprego]] e uma queda na produção de 80%, já para não falar da morte de entre 60 e 200 mil pessoas e do deslocamento forçado de metade da população. Com uma paz instável no país, a produção recuperou entre [[1996]] e [[1998]] em grandes percentagens anuais, mas o crescimento abrandou consideravelmente em [[1999]] e o [[PIB]] permanece bem abaixo dos níveis de 1990._l_
 
{{referências}}
Utilizador anónimo