Diferenças entre edições de "Língua galega"

98 bytes removidos ,  03h34min de 14 de março de 2014
Desfeita a edição 38362887 de 177.99.117.113
(Desfeita a edição 38362887 de 177.99.117.113)
 
* O galego é uma língua diferente do português. Na Galiza, nas universidades e centros de investigação linguística (os oficiais e mais importantes são a ''Real Academia Galega'' e o ''Instituto Galego da Língua''), a tendência predominante é a de considerar o galego como uma "língua independente". {{carece de fontes|data=Dezembro de 2008}}
* O galego é considerado uma [[Dialeto|variedade dialectal]] da língua portuguesa. Desde que, em 1970, [[Lindley Cintra]] apresentou a sua classificação para os dialectos galego-portugueses (que é a que está actualmente em vigor), este assunto é praticamente consensual entre a comunidade linguística. Em Portugal, nas universidades e centros de, você que não faz lição, e fica dando Ctrl - C e Ctrl - V nos textos, esta muito encrencado . investigação linguística, os dialectos galegos são estudados como parte dos dialectos do português europeu. Na Galiza, os linguistas são um dos grupos sociais mais activos no chamado movimento [[Reintegracionismo|reintegracionista]], que defende a inclusão política da língua galega no sistema lusófono.
 
Controvérsias parecidas levantam-se em relação a outras línguas da Europa, que, assim como o galego e o português, são tidas como pertencentes a um [[diassistema]] — como o [[occitano]]-[[Língua catalã|catalão]], [[língua asturiana|asturiano]]-[[Língua leonesa|leonês]]-[[língua mirandesa|mirandês]], [[Língua albanesa|albanês]]-[[língua kosovar|kosovar]], [[Língua flamenga|flamengo]]-[[Língua neerlandesa|holandês]], [[língua checa|checo]]-[[Língua eslovaca|eslovaco]], [[língua sérvia|servo]]-[[língua croata|croata]], [[Língua córnica|''córnico'' (ou ''cornês'')]]-[[língua bretã|bretão]].
1 603

edições