Diferenças entre edições de "Riocentro"

248 bytes adicionados ,  21h01min de 23 de março de 2014
m (A migrar 3 interwikis, agora providenciados por Wikidata em d:Q3277433)
== História ==
Inaugurado em [[1977]], foi projetado e construído especificamente para a realização de eventos de grande porte, tendo sediado, entre outros, a Conferência Internacional das Nações Unidas sobre Meio Ambiente e Desenvolvimento ([[ECO-92]]), o 17º Congresso Mundial de [[Petróleo]] [[2002]] e a [[Rio+20]], além de sediar regularmente a [[Bienal do Livro do Rio de Janeiro]]. Era administrado pela [[Prefeitura (Brasil)|Prefeitura]] da [[Rio de Janeiro (cidade)|cidade do Rio de Janeiro]], mas foi privatizado para a empresa francesa GL Events sob uma concessão de 50 anos, durante os preparativos para os [[Jogos Pan-americanos de 2007]]. A GL events promoveu uma reforma parcial, com planos para uma reestruturação global, a fim de ampliar o complexo futuramente.
Em [[30 de abril]] de [[1981]] quando se realizava um show comemorativo do [[Dia do Trabalhador]], um frustrado ataque a bomba que seria perpetrado no Pavilhão Riocentro aconteceu. O [[atentado do Riocentro]] é o nome pelo qual ficou conhecido.
 
Eleito o melhor centro de convenções da América do Sul pelo World Travel Awards, o Riocentro conta com infraestrutura e gestão com padrão internacional. Sede da Rio+20, a Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável, o centro de convenções também foi escolhido pela FIFA para sediar o Centro Internacional de Transmissão (IBC) da Copa do Mundo da FIFA™ 2014 e do Comitê Organizador Local (COL). Em 2016, o principal pólo de turismo de negócios do Rio de Janeiro dará lugar a competições dos Jogos Olímpicos.