Diferenças entre edições de "Diodoro Sículo"

Sem alteração do tamanho ,  02h04min de 6 de abril de 2014
sem resumo de edição
(infobox + ajustes)
Sabe-se, com razoável certeza, que esteve no [[Egito]], entre [[60 a.C.]] e [[57 a.C.]], aproximadamente, onde iniciou as pesquisas necessárias para suas atividades de historiador <ref>Biblioteca Histórica 1.44.1</ref>, trabalho que se prolongou durante os 30 anos seguintes (<ref>Biblioteca Histórica 1.3.6</ref> ). Parece que em [[56 a.C.]] viajou para Roma e lá ficou durante muito tempo, certamente consultando os arquivos e registros disponíveis;
 
Diodoro produziu uma única obra, a "Biblioteca Histórica" (também chamado de "História Universal"), que reunia 40 livros escritos em grego comum (κοινὴ διάλεκτος), sendo que somente os livros 1-5 e 11-20 sobreviveram, praticamente na íntegra; dos outros, restam apenas alguns fragmentos. Mesmo assim, é o mais extenso relato sobre a história da Grécia e de Roma que chegou até nós, desde as origens míticas até as últimas décadas da [[República romanaRomana]].
 
Nos capítulos 19 e 20 do 5º livro, ele menciona a viagem de uma frota de [[Fenícia|fenícios]] que teria saído da costa da [[África]], perto de [[Dakar]], e navegado pelo [[oceano Atlântico]], no rumo do Sudoeste.<ref>Em função desse registro, especula-se a possibilidade desses fenícios terem chegado ao continente americano.</ref>