Abrir menu principal

Alterações

Sem alteração do tamanho, 03h38min de 19 de abril de 2014
retirado negrito
[[File:Special Collection Service 11.jpg|thumb|Locais de Escuta da CIA/NSA em 2004-Serviço de Coleta Especial (SCS)]]
[[File:SCSGlobalPresence.png|thumb|Locais de Escuta e Status-Serviço de Coleta Especial (SCS) em Agosto de 2010]]
O '''Serviço de Coleta Especial (SCS)''' CIA/NSA''' é um programa conjunto da [[Agência de Segurança Nacional|NSA]] e [[Central Intelligence Agency|CIA]], [[Informação confidencial|confidencial]] com a função de inserir equipamentos de espionagem em locais de difícil acesso, como embaixadas estrangeiras, consulados, centros de comunicações e instalações de governos estrangeiros. Fundado no final de 1970, com sede em Beltsville, [[Maryland]], a SCS tem sido descrito como "Força Missão Impossível" dos Estados Unidos.
 
De acordo com documentos revelados por [[Edward Snowden]]<ref>{{Citar web|url=http://g1.globo.com/mundo/noticia/2013/07/entenda-o-caso-de-edward-snowden-que-revelou-espionagem-dos-eua.html|título=Entenda o caso de Edward Snowden, que revelou espionagem dos EUA|publicado=G1|acessodata=14 de março de 2014|data=02 de julho de 2013}}</ref>, o SCS faz parte de um programa de [[Revelações da Vigilância global (1970–2013)|vigilância global]] maior conhecido como Programa [[STATEROOM (programa de vigilância)|STATEROOM]].<ref name="O Globo">O Globo: [http://oglobo.globo.com/infograficos/volume%2Drastreamento%2Dgoverno%2Damericano/ Mapa mostra volume de rastreamento do governo americano - O Globo]</ref><ref>{{cite web|last=[[Laura Poitras]], Marcel Rosenbach and Holger Stark|title=Codinome 'Apalachee': Como os Estados Unidos Espionam na Europa e nas Nações Unidas|url=http://www.spiegel.de/international/world/secret-nsa-documents-show-how-the-us-spies-on-europe-and-the-un-a-918625-2.html|publisher=''[[Der Spiegel]]''|accessdate=22 December 2013}}</ref>
855

edições