Diferenças entre edições de "Joaçaba"

1 byte removido ,  04h48min de 20 de abril de 2014
m
O decreto-lei que criou o município é o número 1 147, de 25 de agosto de 1917, sancionado pelo então governador do Estado, coronel [[Felipe Schmidt]]. O município, com o nome de Cruzeiro e sede provisória em Limeira, só foi instalado em novembro de 1917. A Lei Municipal Quinze, de 2 de janeiro de 1919, criou o Distrito de Limeira e a Lei Estadual 1 243, de [[20 de agosto]] do mesmo ano, transferiu a sede para o povoado de Catanduva, que passou à categoria de Vila, com o nome de Cruzeiro. Em [[1926]], pelo Decreto Estadual 1 848, a sede retornou ao povoado de Limeira. Em [[1938]], pelo Decreto Estadual 86, a vila Cruzeiro do Sul foi elevada à categoria de cidade, com o nome de Cruzeiro. Finalmente, em 1943, pelo Decreto-lei Estadual 238, de 31 de dezembro, município e cidade passaram a denominar-se Joaçaba.
=== Imigração e Desenvolvimento ===
A população atual de Joaçaba tem origem, principalmente, nos imigrantesmigrantes [[Rio Grande do Sul|gaúchos]], principalmente da região de [[Caxias do Sul]], de origem italiana e alemã, que, de posse de pequenas colônias de terra, deram os primeiros passos na produção agrícola. A área do município, com terras férteis e matas nativas, proporcionou a exploração da [[madeira]] e da [[erva-mate]], atividades que eram desenvolvidas paralelamente à [[agricultura]].
 
Mais tarde, começaram a surgir as primeiras indústrias de implementos agrícolas, acentuando-se as atividades comerciais e formando-se a base econômica do município. Com o forte [[comércio]] já predominando e com o surgimento das primeiras indústrias (no segmento metal-mecânico), Joaçaba consolidou a sua posição de destaque no cenário estadual.
1 489

edições