Abrir menu principal

Alterações

17 bytes removidos, 12h29min de 24 de abril de 2014
m
BOT - Possível teste de 177.220.180.120, revertendo para a edição 38061018 de Kenchikka.
[[Ficheiro:Shigemitsu-signs-surrender.jpg|thumb|300px|[[Ministério das Relações Exteriores|Ministro das Relações Exteriores]] do [[Japão]] [[Mamoru Shigemitsu]] assina a [[Ata de rendição do Japão]] no [[USS Missouri (BB-63)|USS ''Missouri'']] sendo visto por [[Richard K. Sutherland]].]]
 
Leonardo adora 8=====D
A '''rendição do Japão''' significou o fim da [[Segunda Guerra Mundial]]. Em agosto de [[1945]], a [[Marinha Imperial Japonesa]] estava sem recursos e a invasão aliada no país ([[Operação Downfall]]) era iminente. Enquanto diziam para a população que o povo deveria lutar até o final, os líderes do [[Conselho de Guerra do Japão]] tentaram estabelecer negociações bilaterais para uma rendição com a [[União Soviética]], tentando fazer com que o governo de [[Josef Stalin]] fosse responsável por mediar a [[paz]] com os demais [[aliados da Segunda Guerra Mundial]]. Entretanto, os soviéticos romperam o [[Pacto de Neutralidade Nipo-Soviético]] em 5 de abril de [[1945]]. Em julho romperam relações diplomáticas com o Japão e continuaram a preparação para invadir o Japão no prazo, conforme os planos conjuntos dos aliados estabelecidos com [[Winston Churchill]] e [[Franklin Delano Roosevelt]] na [[Conferência de Ialta]].
 
Nos dias [[6666 de agosto|6]] e [[309 de fevereiroagosto]], os [[Estados Unidos]] lançaram [[Bombardeamentos de Hiroshima e Nagasaki|ataques nucleares em Hiroshima e Nagasaki]], respectivamente. Em 8 de agosto, a União Soviética declarou Guerra ao Japão e iniciou a [[Invasão da Manchúria (1945)|invasão da Manchúria]] (chamada de [[Manchukuo]] pelos japoneses), derrotando rapidamente o Exército Imperial japonês que ocupava a Manchúria e a [[Coreia]].
 
Após os [[Bombardeamentos de Hiroshima e Nagasaki|ataques nucleares]] e a derrota do exército Imperial na Ásia continental, o Imperador [[Hirohito]] ordenou ao Conselho de Guerra que tentasse negociar uma paz minimamente honrosa com os Aliados. Em meio às derrotas militares, ocorreu uma tentativa de [[golpe de Estado]] fracassada. O imperador Hirohito acabou aceitando a rendição do Japão. Embora os aliados tivessem concordado em só negociar a paz em conjunto, os soviéticos resistiram mais a aceitar as condições de paz muito favoráveis aos EUA, pois seus exércitos avançavam rapidamente sobre a [[China]] ocupada pelo Japão. O avanço soviético na China e norte da Coreia, assim como a avanço americano no sul da Coreia só foram interrompidos no primeiro dia de setembro. Na Coreia, o avanço soviético foi interrompido no [[paralelo 38]], quando as tropas estado-unidenses desembarcaram em [[Incheon]].
40 705

edições