Hiérocles (geógrafo): diferenças entre revisões

57 bytes adicionados ,  05h19min de 26 de abril de 2014
sem resumo de edição
{{Sem imagem|bioh|hist-eu|data=janeiro de 2014}}
{{Nota:|img=sim|Sinecdemos, Synecdemus e Synekdemos redirecionam para este artigo. Não confundir com livro homónimo de orações da [[Igreja Ortodoxa Grega]].}}
 
'''Hiérocles''' ou '''Hierokles''' ({{langx|el|Ἱεροκλῆς}}) foi um [[geógrafo]] e/ou [[gramático]] [[Império Bizantino|bizantino]] do {{séc|VI}} a quem é atribuída a autoria da obra '''SynecdemusSinecdemos''' ({{langx|la|'''''Synecdemus'''''}} ou '''Synekdemos'''; {{langx|el|Συνέκδημος|nome}}), a qual contém uma tabela com as divisões administrativas do Império Bizantino e enumera as cidades de cada uma delas. A obra é datada do reinado de [[Justiniano]] {{nwrap|r.|525|567}}, mas é anterior a 535, pois divide as 912 cidades mencionadas do império em 64 [[eparquia]]s.
 
O ''Synecdemus''Sinecdemos é um dos documentos mais valiosos que se conhece para o estudo da geografia política do Oriente no {{séc|VI}}. A obra de Hiérocles, juntamente com a de [[Estêvão de Bizâncio]], foi a principal fonte da obra ''De Thematibus'', de {{Lknb|Constantino|VII}} {{nwrap|r.|913|959}}, sobre os ''[[Tema (distrito bizantino)|thematatemas]]'' (subdivisões administrativas e militares do Império Bizantino).
 
A obra de Hiérocles foi publicada em [[Berlim]] em 1866 por Gustav Parthey (''Hieroclis Synecdemus''); posteriormente foi publicada pela ''[[Bibliotheca Teubneriana]]'' uma edição com o texto corrigido por A. Burckhardt (''Hieroclis Synecdemus''; [[LeipzigLípsia]], 1893). A publicação mais recente conhecida é de E. Honigmann (''Le Synekdèmos d'Hiéroklès et l'opuscule géographique de Georges de Chypre''; [[Bruxelas]], 1939).
 
== Notas e fontes ==