Abrir menu principal

Alterações

1 byte adicionado ,  04h15min de 30 de abril de 2014
sem resumo de edição
O '''Reino de Nápoles''' ([[língua italiana|Italiano]]: ''Regno di Napoli''), que compreende a parte sul da [[península Itálica]], foi o restante do antigo [[Reino da Sicília]] após a secessão da ilha da Sicília como resultado da rebelião de [[Vésperas sicilianas]] de [[1282]]. <ref>{{cite book | last = Fremont-Barnes | first = Gregory | title = Encyclopedia of the Age of Political Revolutions and New Ideologies, 1760-1815: Volume 1 | publisher=Greenwood | year = 2007| page = 495 | isbn = 978-0-313-33446-7}}</ref> Conhecido por seus contemporâneos como o Reino da Sicília, é apelidado de Reino de Nápoles para distingui-lo da classe política baseada na ilha. Durante grande parte de sua existência, o reino foi disputado entre as dinastias francesa e aragonesa. Em [[1816]], os reinos foram novamente unidos para formar o Reino das Duas Sicílias.
 
O território abrangia as atuais regiões italianas da [[Campânia]], [[Calábria]], [[PugliaApúlia]], [[AbruzzoAbruzos]], [[Molise]], [[Basilicata]], e alguns territórios do atual [[Lácio]] ([[Gaeta]], [[Cassino]] e áreas atualmente na província de [[Rieti]], como [[Cittaducale]], [[Amatrice]], [[Cicolano]], etc.).
 
== Nápoles sob a casa de Anjou ==