Diferenças entre edições de "Corpo negro"

16 bytes adicionados ,  01h34min de 3 de maio de 2014
Etiqueta: Edição via dispositivo móvel
|isbn=978-85-7876-021-2}}</ref>
<ref>{{citar web|url=http://docs.kde.org/stable/pt/kdeedu/kstars/ai-blackbody.html |título=Radiação dos Corpos Negros |acessodata= 25 de novembro de 2012}}</ref>
A primeira menção a corpos negros deve-se a [[Gustav Kirchhoff]] em 1860, em seu estudo sobre a espectrografia dos gases. Muitos estudiosos tentaram conciliar o conceito de corpo negro com a distribuição de energia prevista pela termodinâmica, mas os espectros obtidos experimentalmente, ainda que válidos para baixas frequências, mostravam-se muito discrepantes da previsão teórica, explicitada pela [[Lei de Rayleigh-Jeans]] para a radiação de corpo negro. Uma boa aproximação dos valores para o máximo de emissão para cada temperatura era dado pela [[Lei de Wien]], porém foi [[Max Planck]] que, em 1901, ao introduzir a [[Constante de Planck]], como mero recurso matemático, determinou a quantização da energia, o que mais tarde levou à teoria quântica que, por sua vez, rumou para o estudo e surgimento da [[mecânica quântica]].<ref name = tres>{{Citar livro
|nome=Francisco e Vitor
|sobrenome=Caruso e Oguri
<ref>[http://fisica.ufpr.br/grimm/aposmeteo/cap2/cap2-5.html Física UFPR]. Acessada em 04 de dezembro de 2012.</ref>
 
== Explicação(Itallo Galvao) ==
Experimentalmente, a radiação mais próxima a de um corpo negro ideal é aquela emitida por pequenas aberturas de extensas cavidades. Qualquer luz entrando pela abertura deve ser refletida várias vezes nas paredes da cavidade antes de escapar e, então, a probabilidade de que seja absorvida pelas paredes durante o processo é muito alta, independente de qual seja o material que a compõe ou o comprimento de onda da radiação. Tal cavidade então é uma aproximação de um corpo negro e, ao ser aquecida, o [[espectro eletromagnético|espectro da radiação]] do buraco (a quantidade de luz emitida do buraco em cada comprimento de onda) é contínuo, e não depende do material da cavidade (compare com espectro de emissão). Por um teorema provado por [[Kirchhoff]], o espectro observado depende apenas da temperatura das paredes da cavidade. A Lei de Kirchhoff nos diz que num corpo negro ideal, em equilíbrio termodinâmico a temperatura T, a radiação total emitida deve ser igual a radiaçao total absorvida.
 
Utilizador anónimo