Diferenças entre edições de "António Aloísio Jervis de Atouguia"

78 bytes adicionados ,  22h07min de 9 de maio de 2014
sem resumo de edição
Aderiu ao [[liberalismo]], tendo estado exilado em [[Inglaterra]] e depois na [[ilha Terceira]], onde fez parte das forças militares que defenderam aquela ilha. Participou no [[desembarque do Mindelo]]. Foi Governador Civil do Porto em [[1836]].
 
Jervis de Atouguia ingressou na [[Maçonaria]] numa ''barraca'' da [[carbonária]] criada em [[Angra do Heroísmo|Angra]] durante o período em que as força [[liberais]] estiveram acantonadas na ilha Terceira e que durou até Julho de [[1833]]. Era uma ''loja'' dominada por ''[[saldanhista]]s'' que incluía entre os seus membros [[Francisco Soares Caldeira]]. Quando as forças liberais se instalaram na cidade do [[Porto]], Jervis de Atouguia manteve-se em idêntica organização, em conjunto, entre outros, com [[António César de Vasconcelos Correia]], [[João Carlos de Saldanha]], [[José Lúcio Travassos Valdez]] e [[Júlio Gomes da Silva Sanches]].
 
Manteve sempre uma sólida amizade com o [[marechal Saldanha]], de quem foi ajudante de ordens.
[[Categoria:Naturais do Funchal]]
[[Categoria:Maçons de Portugal]]
[[Categoria:Carbonários de Portugal]]
[[Categoria:Liberais de Portugal]]
[[Categoria:Ministros da Marinha de Portugal]]
[[Categoria:Ministros dos Negócios Estrangeiros de Portugal]]