Diferenças entre edições de "Couve-de-folhas"

3 869 bytes removidos ,  17h59min de 28 de maio de 2014
cagar!
(cagar!)
Etiquetas: Editor Visual Remoção considerável de conteúdo
}}
[[Imagem:Lacinato Kale and Collard Greens.jpg|thumb|240px|right|Couve do tipo ''Nero di Toscana'', subgrupo Laciniato (à esquerda) com folhas de [[Couve-galega]] (direita).]]
*
A '''couve-de-folhas''' (penca) é uma forma de [[couve]] (''Brassica oleracea'', grupo '''Acephala''') cujas folhas centrais não formam a típica "cabeça" do [[repolho]]. Considera-se que está mais próxima, em termos genéticos, da couve silvestre que deu origem a todas as variedades cultivares conhecidas. Inclui a [[couve-galega]], a couve-tronchuda ou [[couve-portuguesa]], as [[couve-ornamental|couves-ornamentais]], entre outras. É especialmente utilizada na culinária portuguesa e brasileira.
 
== Cultivo ==
Estas variedades são principalmente cultivadas na [[Europa]] e na [[América]]. Ainda que sejam muito utilizadas na culinária do [[Brasil]], estas variedades preferem climas frios em vez de climas tropicais. Constituem as variedades mais robustas de couve, tendo algumas caules sublenhosos. Toleram quase todo o tipo de solos, preferindo terrenos com drenagem satisfatória - terrenos muito úmidos provocam a putrefacção das raízes que formam tubérculos como síntoma. São também muito resistentes a pragas, como a [[mosca-da-couve]] (''Delia radicum''), ainda que as lagartas da [[borboleta-da-couve]] também provoquem alguns estragos nas culturas.
 
== História ==
Até ao final da Idade Média, estes tipos de couve constituiam a verdura mais utilizada na [[Europa]]. Variedades crespas ou mais lisas já eram consumidas na [[Grécia antiga|Grécia]], no [[século IV a.C.]] . Estas, já referidas pelos antigos [[Império Romano|Romanos]] como couve sabeliana, são consideradas as formas ancestrais das couves actuais. Hoje podemos diferenciá-las de acordo com o comprimento do [[caule]] e pelas características das [[folha (botânica)|folhas]]. A cor das folhas varia do glauco, verde-escuro, verde-violáceo ou castanho-violeta. A couve-russa foi introduzida no [[Canadá]] (passando depois para os [[Estados Unidos]]) pelos [[Rússia|russos]] durante o [[século XIX]].
 
A [[couve-chinesa-kairan]], que é um tipo cultivar diferenciado de ''Brassica oleracea'' é, contudo, muito semelhante.
 
== Uso culinário ==
Folhas jovens de couves deste tipo podem ser utilizadas em saladas, apreciando-se particularmente o uso concomitante de [[amendoim|amendoins]] torrados, amêndoas torradas com [[molho de soja]] e quadrados de pimento-vermelho.
[[Imagem:Steamed kale and slivered almonds.jpg|thumb|left|Couve com [[amêndoa]]s - este género de couve pode ser congelada sem problemas e há quem considere que o seu sabor fica a ganhar com a congelação.]]
O [[caldo verde]] português tem como principais ingredientes a [[batata]] e a couve-galega.
 
Toda uma cultura relacionada com estes géneros de couve foi desenvolvida no noroeste da Alemanha, nas cidades de [[Bremen]] e [[Oldenburg]]. É frequente que restaurantes façam as "Grünkohlfahrt", principalmente em Janeiro, onde se consome grandes quantidades de couve, salsichas e [[schnapps]]. Em algumas comunidades da área existem festivais anuais em que se elege, inclusive, o "rei das couves."
[[Imagem:Tronchuda.JPG|thumb|240 px|Couve-portuguesa, do grupo tronchuda.]]
São vegetais francamente ricos em [[ferro]], [[vitamina C]] e [[cálcio]]. Devido ao seu valor nutricional, é um dos alimentos preferidos dos [[vegetariano]]s.
 
== Uso decorativo ==
A variedade conhecida como ''couve-ornamental'', com folhas centrais brilhantes, de cor branca ou violeta, usada como decoração (em centros de mesa, por exemplo), pertence ao mesmo grupo.
 
== Literatura ==
A [[escola Kailyard]], na [[literatura escocesa]], e que incluiu autores como [[J. M. Barrie]] (autor do ''[[Peter Pan]]''), caracterizava-se por temas relacionados com a vida rural tradicional escocesa. Kailyard significa "campo de couves" ou couval.
 
== Referências ==
{{Commonscat|Brassica oleracea var. sabellica}}
* Dr D.G.Hessayon (2003)''The Vegetable & Herb Expert''. Expert Books. ISBN 0-903-50546-0
 
{{DEFAULTSORT:Couve De Folhas}}
Utilizador anónimo