Abrir menu principal

Alterações

2 397 bytes removidos ,  00h29min de 7 de junho de 2014
'''Semíramis''' foi uma [[Rainha (título)|rainha]] [[Mitologia|mitológica]] que segundo as [[lenda]]s [[grega]]s e [[lenda]]s [[persa]]s reinou sobre a [[Pérsia]], [[Assíria]], [[Armênia]], [[Arábia]], [[Egipto|Egito]] e toda a [[Ásia]], durante mais de 42 anos, foi fundadora da [[Babilônia]] e de seus [[Jardins suspensos da Babilônia|jardins suspensos]]. Subiu ao [[céu]] transformada em [[pomba]], após entregar a coroa ao seu filho, [[Tamuz]].
==História==
 
Entre as muitas lendas que a rodeiam, uma afirma que foi filha de uma [[sacerdotisa]] que a abandonou à morte no deserto. Pombas a encontraram e a alimentaram até que um pastor de nome Simas a encontrou. Também pode ser identificada como [[Samuramate]], rainha da Assíria que foi esposa de [[Samsiadade V]] e mãe de [[Adadenirari III]]. E é mencionada na [[Bíblia]] como [[Diana dos Efésios]] ([[Atos]] 19). A história de Semíramis foi tema de uma ópera de [[Gioacchino Rossini]], e o escritor espanhol [[Alejandro Núñez Alonso]] fez uma série de novelas históricas em torno desta personagem.
 
De acordo com estudiosos [[teológicos]], Semíramis fora esposa de [[Ninrode]], um dos primeiros homens mais poderosos do mundo ([[Gênesis]] 10:8-12), que inaugurou a cidade [[bíblica]] de [[Babel]]. Segundo a tradição, Ninrode desejava reunir toda a humanidade em torno de si e construir uma torre, ou [[Zigurate]], que chegasse aos céus, com o argumento de ninguém ser tragado por um [[Dilúvio_(mitologia)|dilúvio]] novamente, manterem-se unidos e serem conhecidos por gerações ([[Gênesis]] 11:4). Com a grande estatura da torre, conhecida como [[Torre de Babel]], [[Ninrode]] tornou-se conhecido como "[[príncipe]] dos céus".
Sobre este homem, [[Flavio Josefo]] escreveu: "Pouco a pouco, transformou o estado de coisas numa tirania, sustentando que a única maneira de afastar os homens do temor a [[Deus]] era fazê-los continuamente dependentes do seu próprio poder. Ele ameaçou vingar-se de [[Deus]], se Este quisesse novamente inundar a terra; porque construiria uma torre mais alta do que poderia ser atingida pela água e vingaria a destruição dos seus antepassados. O povo estava ansioso de seguir este conselho, achando ser escravidão submeter-se a [[Deus]]; de modo que empreenderam construir a torre [...] e ela subiu com rapidez além de todas as expectativas." — Jewish Antiquities (Antiguidades Judaicas), I, 114, 115 (iv, 2, 3).
 
Já Semíramis ficou conhecida como "[[rainha]] dos [[céu]]s", nome de uma [[divindade]] idolatrada no [[Oriente Médio]] durante a Idade Antiga. Segundo alguns [[historiadores]] e [[etimólogos]], Semíramis em [[assírio]] significa pomba amorosa. De acordo com uma lenda, ela não morreu, e sim foi ascendida ao [[céu]] em forma de [[pomba]]. {{Carece de fontes|estatística|data=novembro de 2010}}
 
== Ver também ==
* [[Babilônia]]
59 772

edições