Diferenças entre edições de "Carlos Fino"

99 bytes adicionados ,  00h01min de 9 de junho de 2014
sem resumo de edição
Entre 2004 e 2012, '''Carlos Fino''' foi conselheiro de imprensa da '''Embaixada de Portugal no Brasil''', tendo, no âmbito dessas responsabilidades, mantido um programa de rádio semanal na Brasília Super-Rádio FM e participado, como consultor e apresentador (juntamente com o jornalista brasileiro Paulo Markun) de uma '''série de 13 programas de televisão ''' - '''"Lá e Cá"''' - uma co-produção da TV Cultura de São Paulo com a RTP2.
 
'''Carlos Fino, '''que se aposentou em 2013, costuma ser lembrado como "aquele repórter do furo mundial", por ter sido o primeiro a anunciar, com imagens ao vivo, o bombardeamento de Bagdade na última Guerra do Golfo (2003), levando a televisão pública portuguesa RTP a superar concorrentes muito mais poderosas, como a CNN, a BBC e a SKY. Na altura, jornal ''Correio Braziliense'' titulou na primeira pagina: '''"Fino, o português que furou a CNN".'''[[File:Carlos Fino.jpg|thumb|Notório Saber em Comunicação pela Universidade de Brasília (UnB)]]
 
Reconhecendo o valor da sua larga experiência com repórter, correspondente internacional e correspondente de guerra, a Universidade de Brasília (UnB), atribuiu a Carlos Fino, em Novembro de 2013, o título de '''"Notório Saber" em Comunicação''', que no Brasil é legalmente equiparado a um doutorado.[[Categoria:Jornalistas de Portugal]][[Categoria:Naturais de Lisboa]]
25

edições