Diferenças entre edições de "Júlio de Castilhos"

41 bytes adicionados ,  20h05min de 14 de junho de 2014
sem resumo de edição
Júlio Prates de Castilhos nasceu em 29 de junho de 1860, na Fazenda da Reserva, propriedade da família, situada no antigo [[São Martinho (Rio Grande do Sul)|Município de São Martinho]], [[Rio Grande do Sul]]. Tornou-se órfão com pouco mais de dez anos, e mais tarde, herdou a fortuna de seu pai para investir em sua educação.<ref>{{Citar livro |url=http://books.google.com.br/books?id=1vS1JyCzOe0C&pg=PA132&dq=J%C3%BAlio+de+Castilhos+29+de+junho+de+1860&hl=pt-BR&sa=X&ei=34VoUq3SCcbQkQe7pIDAAQ&ved=0CDEQ6AEwAA#v=onepage&q=J%C3%BAlio%20de%20Castilhos%2029%20de%20junho%20de%201860&f=false |sobrenome=Soares |nome=Mozart Pereira |coautor= |título=O positivismo no Brasil: 200 anos de Augusto Comte |subtítulo= |idioma=português |edição= |local= |editora=Editora AGE Ltda |ano=1998 |página=132 |páginas=206 |isbn=8585627565 |acessodata= }}</ref>
 
Embora formado pela [[Faculdade de Direito de São Paulo]], atuou como [[jornalista]] e político. Membro do [[Partido Republicano Riograndense]] (PRR), dirigiu o jornal [[A Federação]] de 1884 a 1889, onde fez propaganda das idéias [[republicanas]]. Rapidamente, tornou-se um dos principais líderes do PRR.<ref name="UOL - Educação"/>
 
Em 1891 elegeu-se deputado para a Assembleia Constituinte, quando destacou-se por se opôr a [[Rui Barbosa]] no capítulo que versava sobre a discriminação de rendas, defendendo os pequenos estados da federação. Neste mesmo ano, redigiu praticamente sozinho a Constituição do Estado do Rio Grande do Sul, usando depois todos os meios possíveis para obter sua aprovação.
[[Categoria:Naturais de Cruz Alta (Rio Grande do Sul)]]
[[Categoria:Políticos do Brasil depostos]]
[[Categoria:Republicanos do Brasil]]