Diferenças entre edições de "Estádio Ismael Benigno"

1 292 bytes removidos ,  18h06min de 25 de junho de 2014
Atualização e adição de mais detalhes
(Atualização e adição de mais detalhes)
| imagem =
| nome_img =
| nome_estádio = Estádio Ismael BenignoColina<br /><small>ColinaEstádio Ismael Beningo</small>
|apelhidos = Estádio da Colina; Colina; Casa do Tufão;
| antigos_nomes = Estádio Gilberto Mestrinho
| local = Av. Presidente Dutra, São Raimundo, [[Manaus]], [[Amazonas|AM]], [[Brasil]]
| Coordenadas =3°7'18"S 60°2'16"W
| ano_construção =1961
| remodelado = [[1969]] e [[2013]]
| fechado = [[1996]] a [[2000]] e [[2013]] a [[2014]]
| demolido =2013
| datainauguração = [[19 de Fevereiro]] de [[1961]]
| jogoinauguração = [[São Raimundo Esporte Clube (Manaus)|São Raimundo]]1 X 8 [[Sport Club do Recife|Sport]]
| 1ogol = Mário, [[Sport Club do Recife|Sport]]
| remodelado = [[19692013]] ea [[20132014]]
| datareinalguracão =
| fechado = [[19961997]] a [[2000]] e [[2013]] a [[2014]]
| capacidade = 10.000 pessoas
| publicorecorde = 23.152 pessoas
}}
 
O '''Estádio Ismael Benigno''', mais conhecido como '''Colina''', é um [[estádio]] de futebol de [[Manaus]], no estado brasileiro do [[Amazonas]]. Localizado na Av. Presidente Dutra, no bairro de [[Santo Antônio (Manaus)|Santo Antônio]].
 
== História ==
O início do trabalho vitorioso do diretor de futebol, Ivan Guimarães, permitiu realizar a primeira reforma. São trocados os degraus quebrados da arquibancada, o piso recebe grama e drenos, e uma iluminação é instalada para os jogos noturnos. São colocados mil assentos nas arquibancadas cobertas, reformadas as seis cabines de rádio, disponibilizadas cadeiras cativas, e toda a estrutura é melhorada. Com o fim da reforma, o estádio é reaberto em 2000.<ref name="colina" />
 
Com o passar dos anos, o estádio foi sendo pouco usado, com os jogos sendo disputados no [[Arena da Amazônia|Estádio Vivaldo Lima]], com isso as arquibancadas e muros foram se deteriorando, ficando apenas a parte coberta do estádio liberada para o torcedor. <ref>{{citar web|url=http://acritica.uol.com.br/craque/Ventania-derruba-Colina-diretoria-promete_0_802119860.html|titulo=Ventania derruba muro da Colina|publicado=ACrítica}}</ref>
 
== Reforma para a Copa do Mundo 2014 ==
Após a escolha de [[Manaus]] como uma das sedes da [[Copa do Mundo FIFA de 2014|Copa de 2014]], o estádio serviráfoi escolhido, juntamente com o novo [[Estádio Municipal Carlos Zamith|Estádio Carlos Zamith]], como Centro de Treinamento (CT ou COT) para as seleções que vieremvieram jogar na cidade. Com isso, foi feito uma força-tarefa para restaurar o estádio e voltar a ser utilizado novamente. O projeto prevêpreviu a demolição do estádio, para a construção de um novo no mesmo local.<ref>{{citar web|url=http://www.copa2014.gov.br/pt-br/noticia/iniciada-reforma-no-estadio-da-colina-em-manaus-provavel-cot-da-copa-do-mundo|titulo=Iniciada reforma no estádio da Colina}}</ref> A obra teráteve duração entrede 6 e 815 meses. <ref>{{citar web|url=http://www.copa2014.gov.br/pt-br/noticia/comeca-nesta-sexta-2203-reforma-do-estadio-da-colina-provavel-cot-em-manaus|titulo=Começa nesta sexta (22.03) a reforma do estádio da Colina, provável COT em Manaus|acessodata=21/03/13)}}</ref><ref>{{citar web|url=http://www.copa2014.gov.br/pt-br/noticia/arquibancadas-sao-demolidas-para-reforma-do-estadio-da-colina-em-manaus|titulo=Arquibancadas são demolidas para a reforma do estádio da Colina, em Manaus|publicado=Portal da Copa 2014|acessodata=16/04/13)}}</ref>
 
Com a construção da nova estrutura sendo financiada pelo governo do estado e seus investidores, o Estádio ficará por 20 anos em posse do governo do [[Amazonas]], sendo este o seu tutor. Ao São Raimundo caberá apenas a prioridade no mando dos jogos, já que apenas cedeu o terreno, não contribuindo financeiramente para a demolição da antiga estrutura, limpeza do terreno e construção.
 
== Estrutura==
Após a reforma, o novo estádio contaráconta com 10,4 mil lugares, sendo que 2,8 mil estarão na área coberta. Do total de cadeiras na área coberta, 344 são destinadas à área VIP, e também há 32 espaços reservados para Portadores de Necessidades Especiais com acompanhantes.
 
Na área principal onde estarãoestão as bilheterias funcionarãofuncionam lojas de apoio ao comércio durante os jogos. Dentro do estádio, lanchonetes, bares e banheiros foram projetados para utilização pública.
 
O projeto do estádio foi concebido dentro dos padrões internacionais da FIFA, com grama tipo “Bermuda”, a mesma que será usada na Arena da Amazônia. O espaço contaráconta com área de imprensa para 200 jornalistas, sala de coletiva para 100 pessoas, área de aquecimento e musculação, preleção, médica, massagem e outros ambientes como vestiários.
 
O estádio também atenderáatende a todas as normas de acessibilidade quanto à circulação mínima, rampas de acesso às arquibancadas, banheiros dimensionados e equipados para uso de Portadores de Necessidades Especiais, barras de apoio e o cuidado na escolha dos acabamentos do piso. Além da atenção para as normas de saídas de emergência quanto à largura de corredores, saídas acessíveis e rotas de fuga.
 
A obra estáteve orçadao emcusto de R$ 2124 milhões com financiamento do Ministério do Esporte. A obra será um dos importantes legados que ficarão na cidade após a Copa do Mundo. A responsável pela reforma éfoi a construtora Tecon (Tecnologia em Construções LTDA).
 
''Fonte: Governo do Amazonas''
== {{Ligações externas}} ==
* {{Link||2=http://www.templosdofutebol.com/am/Manaus3.htm |3=Templos Do Futebol}}
 
{{referências}}
Utilizador anónimo